O Brasil ultrapassou, na segunda-feira (15/11), os Estados Unidos na porcentagem de pessoas com a vacinação completa contra a Covid-19.

De acordo com dados do Consórcio de Veículos de Imprensa*, o Brasil tem 58,87% da população totalmente imunizada contra o coronavírus. Ou seja, com a aplicação das duas doses ou dose única da vacina.

Por outro lado, segundo a plataforma Our World in Data, os Estados Unidos estão com 57,62% da população totalmente imunizada contra a Covid. De acordo com o cientista Eric Topol, diretor do Scripps Research Translational Institute, outros 55 países além do Brasil ultrapassaram os Estados Unidos nas taxas de imunização completa.

Os dados sobre a primeira aplicação mostram que, no Brasil, 16,1% da população receberam apenas uma dose da vacina. Nos Estados Unidos, a taxa é de 9,9% da população vacinada com o primeiro reforço.

No país norte-americano, a imunização contra a Covid-19 teve início em 14 de dezembro de 2020, com a aplicação de vacinas da Pfizer. No Brasil, a campanha foi iniciada em 19 de janeiro, com o imunizante Coronavac, fabricado pelo Instituto Butantan.

Dificuldades

Apesar de ter tido resultados promissores nos primeiros meses de campanha de vacinação, os Estados Unidos enfrentaram aumento de casos de Covid-19, provocados, principalmente, pela variante Delta.

Outro fator que tem influenciado nos números é o movimento antivacina. Em setembro, o presidente norte-americano, Joe Biden, fez pronunciamentos públicos pedindo que a população busque unidades de saúde para receber os imunizantes.

Imunização no Brasil

O Brasil contabilizou, na segunda-feira (15/11), 69% da população com 12 anos ou mais totalmente imunizada contra a Covid-19. Dados sobre a Campanha Nacional de Imunização mostram que 125.586.396 pessoas na faixa vacinável foram imunizadas com duas doses ou com a vacina de dose única.

O percentual é calculado tendo como base os quase 182 milhões de brasileiros nesta faixa etária com o ciclo vacinal completo.

Quando se trata de primeira dose, 86,2% da população vacinável tomaram algum tipo de vacina contra a Covid-19. Até esta segunda, são 156.962.922 milhões de cidadãos que receberam a primeira fase da vacinação. No total, foram 282.549.318 doses de vacina aplicadas em todo o país. Além disso, 12.016.907 pessoas receberam uma dose de reforço.

Atualmente, o país tem quatro vacinas à disposição no combate à doença. Os laboratórios Sinovac/Coronavac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer/BioNTech recomendam a aplicação de duas doses de seus imunizantes. Já a Janssen prevê apenas uma aplicação para completa imunização.