Anúncios

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Regional de Sinop (499 km ao norte de Cuiabá), em ação realizada em parceria com o Ministério Público, cumpriu na manhã de sexta-feira (8) o mandado de prisão preventiva contra um investigador de polícia suspeito de abusar sexualmente da filha. Uma denúncia havia sido feita ao e também à Delegacia Regional de Sinop.

O fato foi denunciado no início do mês de outubro ao de Sorriso, que encaminhou o procedimento para o órgão policial em Sinop, uma vez que o investigador era lotado na cidade. Após a comunicação, foi instaurada uma investigação conjunta entre Ministério Público e Delegacia Regional de Sinop para apuração dos fatos.

Diante dos indícios de materialidade delitiva, foi decretada a prisão preventiva do policial, cumprida na manhã de sexta-feira em Nova Mutum, onde o investigador foi encontrado na casa de um familiar. 

Ele foi encaminhado à Delegacia Regional de para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição da Justiça. A Corregedoria da foi comunicada dos fatos para instauração dos procedimentos em relação ao policial.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.