Anúncios

Entre os dias 27 de setembro e 1º de outubro será realizado o 5º Congresso Internacional de Jornalismo de Educação, de forma on-line, promovido pela Associação de Jornalistas de Educação (Jeduca). As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site da instituição

Nesta edição, os debates são sobre as desigualdades na educação durante e após a pandemia de covid-19 no Brasil. A programação inclui mesas pela manhã e no início da tarde. O congresso terá, também, minicursos sobre educação inclusiva e Lei de Acesso à Informação (LAI), entre outros.

As mesas e os minicursos do congresso acontecerão ao longo dos cinco dias de evento (segunda a sexta-feira), de 27 de setembro a 1º de outubro, com debates ao vivo sempre às 10h, 14h e 16h, transmitidos por meio do site do evento. Terão direito ao certificado aqueles que participarem de, pelo menos 70% do evento. Os certificados serão liberados no fim da semana do congresso.

As mesas vão debater as desigualdades raciais, sociais e de gênero já presentes na sociedade e na educação brasileira, mas que foram aprofundadas por causa da pandemia. Entre os participantes confirmados estão o ex-presidente do Banco Central, Arminio Fraga; a diretora executiva da Anistia Internacional Brasil, Jurema Werneck; o ator e humorista Hélio de La Peña; e os jornalistas Miriam Leitão, Tatiana Vasconcellos, Jairo Marques e Adriana Carranca. Entre os panelistas internacionais estão Abdeljalil Akkari, da Universidade de Genebra e Douglas Ready, da Universidade de Columbia.

A repórter especial e colunista de Educação do Estadão, fundadora e vice-presidente da Jeduca, Renata Cafardo, também estará presente e vai falar sobre o especial “A Volta da Escola”, em um painel que discutirá grandes reportagens do ano sobre o tema. O trabalho, apresentado em texto e podcast, acompanhou por seis meses os desafios da abertura de uma escola estadual na periferia de São Paulo. 

Jeduca 

A Jeduca foi criada em 2016 e é uma associação sem fins lucrativos fundada por jornalistas para apoiar colegas que façam matérias sobre educação, por meio de guias, cursos, webinários, editais de reportagem e com uma editora pública gratuita à disposição dos associados. A missão é fortalecer o jornalismo de educação, área essencial para o desenvolvimento do País. O congresso é aberto ao público em geral.