Anúncios

Uma mulher de 24 anos foi presa, nesta terça-feira (7), após confessar ter matado a própria filha recém-nascida enforcada, em Sericita, na região da Zona da Mata mineira. A suspeita estava de mudança para quando foi detida. O corpo da vítima foi encontrado próximo de um tapete por uma faxineira. O caso é investigado pela Polícia Civil.

De acordo com a Polícia Militar, a suspeita contratou os serviços de uma faxineira para limpar o imóvel que morava, pois estava de mudança para a capital mineira. Quando a mulher chegou na casa, ela disse ter sentido um forte cheiro vindo de um tapete e optou por chamar os policiais.

O corpo de uma recém-nascida foi encontrado no local citado em estado avançado de decomposição. A faxineira contou que a mulher estava de mudança para e que fazia o trajeto de táxi. Os militares fizeram contato com o taxista e orientaram que ele parasse no primeiro posto policial.

Prisão

A mulher foi presa em flagrante pelo crime de infanticídio em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. Conforme registrado na ocorrência, ela confessou ter matado a bebê logo depois que ele nasceu em 2 de agosto.

A suspeita contou ter enforcado a recém-nascida logo após o parto. Ela revelou que a gravidez foi em decorrência de um relacionamento extraconjugal com um rapaz que estava noivo. A mulher contou ter escondido a gravidez do pai da bebê e dos familiares dela.

Após matar a própria filha enforcada, ela disse ter deixado o corpo em uma de papelão em um “canto da casa”.

Investigação

A equipe da perícia técnica da compareceu ao local e fez os primeiros levantamentos, conforme informou a corporação ao BHAZ. “As investigações estão em andamento. Em tempo, informa que aguarda condução em flagrante da suspeita, de 24 anos, à Delegacia de Plantão para a tomada das providências cabíveis”.

Nota da Polícia Civil

“A Polícia Civil informa que a equipe da perícia técnica compareceu, nesta terça-feira (7/9), ao local do crime para realização dos primeiros levantamentos e as investigações estão em andamento. Em tempo, informa que aguarda condução em flagrante da suspeita, de 24 anos, à Delegacia de Plantão para a tomada das providências cabíveis”.