Anúncios

A diretoria do Sispmur enviou um ofício para o Prefeito de Rondonópolis, e para as Secretarias Municipais de Gestão de Pessoas e Receita, cobrando providências sobre um novo surto de Covid-19, entre servidores do município.

De acordo com o sindicato, grande parte dos casos estão na pasta da Receita e em repartições dentro do Paço Municipal (Prefeitura).

O documento pede desinfecção imediata dos prédios contaminados e dos servidores que tiveram contato com trabalhadores infectados. “A Prefeitura precisa testar todo esse pessoal, com o máximo de urgência. Milhares de pessoas são atendidas ali diariamente e se nada for feito poderemos ter um grande surto na cidade. Infelizmente só ficamos sabendo dessa situação por denúncia. Não chegou nada oficial para o sindicato”, afirma Geane Lina Teles, presidente do Sispmur.

A sindicalista lembra que o Sispmur ganhou neste uma ação, com número de processo 1007488-65.2021.8.11.0002, que obriga o poder público a apresentar garantias para servidores e sociedade. “A falta de respostas e ações do poder público pode gerar consequências judiciais para o prefeito e seus secretários. Além da obrigatoriedade para utilização de máscaras, álcool 70%, a gestão municipal também precisa garantir a proteção de pais e mães de família que trabalham ou utilizam o local constantemente. A ausência de medidas mais rígidas pode provocar reação pesada da justiça e nós vamos fiscalizar e acionar outros órgãos fiscalizadores. O poder público precisa dar bons exemplos de conscientização no combate a disseminação do vírus”, frisa.

Aumento de casos

A primeira semana do mês de agosto tem preocupado as autoridades de saúde do município. De domingo (01) até quarta-feira (04), foram confirmados 398 novos casos. A média diária é superior a 100.  Entre UTIs privadas e públicas só restam 7 leitos.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.