Anúncios

Iniciam hoje (30) e seguem até 14 de julho as para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Estudantes que não conseguiram aprovação da isenção da taxa de inscrição devem pagar R$85 para se inscrever.  A Guia de Recolhimento da União (GRU), mais conhecida como o boleto do Enem, poderá ser paga até o dia 19 de julho. 

O boleto do Enem 2021 é gerado de forma automática pelo sistema ao finalizar a inscrição. O participante deve baixar o documento e fazer o pagamento até a data estabelecida, em qualquer banco, casa lotérica, aplicativos bancários ou agência dos Correios, obedecendo aos critérios estabelecidos por esses correspondentes bancários.

Lembrando que os isentos, obrigatoriamente, também precisam realizar as para o exame. As provas, tanto para a versão digital como para a impressa, serão aplicadas dias 21 e 28 de novembro. 

Caso necessário, o candidato pode realizar a 2ª via do boleto. Para fazer a reimpressão é preciso acessar a Página do Participante e gerar novamente a GRU Cobrança. A inscrição será confirmada somente após o processamento do pagamento da taxa de inscrição.

O Enem é a maior prova de acesso ao ensino superior do país. Com o resultado da avaliação é possível pleitear o ingresso em cursos de graduação oferecidos por instituições públicas e privadas. Os principais processos seletivos são os dos programas do governo Prouni, Sisu e Fies. Além disso, atualmente 50 portuguesas aceitam a nota do exame para acesso aos seus cursos.

Cronograma Enem 2021

Inscrições: 30 de junho a 14 de julho

Pagamento da inscrição: até 19 de julho

Pedido de atendimento especializado: 30 de junho a 14 de julho

Pedido de tratamento pelo nome social: 19 a 23 de julho

Provas: 21 e 28 de novembro