Anúncios

As buscas por Lázaro Barbosa, o homem de 32 anos conhecido como o “serial killer do Distrito Federal” entram no 15º dia nesta quarta-feira (23). Na terça-feira, a polícia atuou na perícia de um  queimado e apreendeu para análise um lençol encontrado em uma casa por onde ele teria passado. A expectativa para esta quarta-feira (23) é que o cerco se fecha ainda mais e, enfim, o criminoso que matou quatro pessoas de uma mesma família, seja capturado.

A sede das buscas é uma escola municipal localizada na cidade de Girassol, porém os das equipes da força tarefa da polícia chegaram ainda mais longe na tarde de terça. Investigadores foram em direção a Santo Antônio do Descoberto, a cerca de 20 km do perímetro de buscas. Existe a possibilidade de Lázaro ter escapado atravessando o rio dos Macacos e o rio da Areia, acessando uma área de mata aberta sobre a qual, segundo a polícia, ele não tem domínio.

Uma outra área cercada pela polícia é de mata fechada e fica entre Girassol e de Goiás. Ali, contaram com apoio do caçador Babaçu, que foi acionado na segunda (22) mas que, sem sucesso nas buscas, decidiu voltar pra casa.

Também nesta terça, caseiros denunciaram a passagem de Lázaro por uma chácara, onde teria roubado mantimentos. Peritos criminais passaram a reforçar as equipes com três que conseguem identificar por meio da temperatura a movimentação de pessoas no meio da mata.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.