Anúncios

Na noite deste domingo, 13, um caso de feminícidio foi registrado em Santarém, no Oeste Paraense, tendo como vítima Auriane Coelho Teixeira, de 27 anos. A mulher foi morta a facadas por Edson Lira Santana, de 38 anos, na frente do filho da mulher, uma de apenas nove anos. Após sofrer um acidente de moto enquanto era perseguido pela polícia, o acusado morreu na manhã desta segunda-feira, 14, no hospital.

Segundo informações repassadas pelo 35º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o crime foi por volta das 23h30, na rua Bem-te-Vi do bairro São Francisco, e teria sido motivado por ciúmes. O casal vivia um relacionamento bastante conturbado, e estava separado há pouco tempo. No domingo à noite, Edson foi até a casa da ex-mulher, onde iniciaram uma violenta discussão. No meio da briga, o homem esfaqueou a mulher várias vezes. 

A presenciou tudo, e saiu pelas ruas chorando e pedindo por ajuda. A atendeu o chamado e foi atrás do assassino, em uma perseguição. Segundo a PM, Edson Lira fugiu na motocicleta da vítima, mas na perseguição, acabou colidindo com um caminhão. Ele quebrou uma das pernas e sofreu outros ferimentos, sendo levado ao hospital de pronto-socorro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) também foi solicitado para socorrer Auriane, mas ela morreu no local.

Um dia depois da internação, Edson não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. A remoção do corpo o feminicida foi confirmada pela Unidade Regional do Centro de Perícias Científicas Renato em Santarém.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.