Anúncios

Após 20 dias de buscas, Lázaro Barbosa de Sousa, suspeito de matar uma família no e de outros crimes também em Goiás, foi preso na manhã de hoje. A informação foi dada pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado. Ainda não há informações sobre as circunstâncias da prisão de Lázaro.

“Acabo de receber a informação de todas as forças de segurança que estão ali na região de Cocalzinho que o Lázaro foi preso. Cumprimentar a todos aqueles que estão ali há vários dias trocando informações e chegando a esse resultado final, a prisão do Lázaro”, disse Caiado em um vídeo ao noticiar a prisão.

Na manhã de hoje, a ex-companheira do fugitivo foi levada à polícia após denúncias de moradores de que ele havia sido visto na mata, próximo à casa dela na noite de ontem.

As buscas por Lázaro começaram no dia 9 de junho, após o crime em Ceilândia (DF). Ele fugiu se escondendo na mata e passou por várias fazendas na cidade de Cocalzinho de Goiás (GO). Durante as buscas, o fugitivo trocou tiros com policiais e fez outra família refém na cidade.


A SSP (Secretaria de Segurança Pública) de informou que o suspeito deve ser encaminhado para o IML (Instituto Legal) para o exame de corpo de delito e, em seguida, será levado para o presídio de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital. Segundo a SSP, ima coletiva de imprensa está prevista para hoje para dar mais informações sobre a prisão de Lázaro.