Anúncios

O alho (Allium sativum) é um ingrediente popular apreciado por seu sabor único e poderosos benefícios à . No entanto, geralmente ele é consumido refogado, assado ou como tempero no preparo das receitas.

Por isso, muitas pessoas costumam ter dúvida se é seguro comer .

Quem fala sobre os benefícios e possíveis “problemas” associados à ingestão desse vegetal cru é a nutricionista americana Rachael Link, em artigo publicado na última quinta (27/5) no site de notícias de saúde Healthline.

Benefícios do alho cru para a saúde

O alho é uma fonte de alicina, composto fitoquímico que contém enxofre e é associado a muitos benefícios para a saúde.

“A alicina, responsável pelo sabor e cheiro distintos do alho, é produzida quando o ingrediente fresco é triturado ou picado”, explica a nutricionista.

Um estudo de 2011 publicado no periódico científico Clinical Nutrition sugere que extrato de alho pode ajudar a reduzir os efeitos mais graves da gripe e do resfriado.

No entanto, Rachael Link alerta que assar, ferver, aquecer ou conservar o alho pode reduzir significativamente a quantidade de alicina. Ou seja, embora o consumo de alho nas refeições quentes possa ser benéfico, optar por comê-lo cru pode ajudar a maximizar seu valor nutricional.

A especialista lista alguns benefícios do alho cru para a saúde:

  • Melhora a : vários mostram que o alho pode ajudar a diminuir a inflamação e aumentar a resposta imunológica, o que pode ser justificado por seus componentes antioxidantes e pelos à base de enxofre, como a alicina
  • Ajuda a saúde do coração: pesquisas sugerem que o alho pode ajudar a baixar a pressão arterial e diminuir os níveis do colesterol ruim (LDL), prevenindo problemas cardiovasculares
  • Estabiliza os níveis de açúcar no sangue: o alho pode ajudar a reduzir os níveis de glicose na corrente sanguínea em jejum e no controle da glicemia, o que pode ser benéfico para o controle do tipo 2
  • Protege o cérebro: a nutricionista afirma que, embora a pesquisa em humanos seja limitada, estudos em animais mostram que consumir grandes quantidades de alho in natura ou extrato de alho envelhecido pode melhorar a memória e apoiar a saúde do cérebro

Possíveis desvantagens de comer alho cru

Embora o alho cru seja associado a vários benefícios para a saúde, existem algumas desvantagens potenciais, alerta Rachael Link.

“Primeiro, o alho cru tem sabor e cheiro muito mais fortes, o que algumas pessoas podem achar pouco apetitoso. Além disso, que tem doença do refluxo gastroesofágico geralmente é aconselhado a limitar o consumo de alho para prevenir azia”, esclarece a especialista americana no artigo do Healthline.

Ela explica que certos compostos encontrados no alho cru podem irritar o trato digestivo, o que leva a uma sensação de queimação no peito ou no estômago.

“O alho também pode aumentar o risco de sangramento, evitando a de coágulos sanguíneos”, afirma a nutricionista.

Ainda assim, Rachael esclarece que é improvável que comer alho cru com moderação cause problemas para a maioria dos adultos saudáveis. “As pessoas que tomam anticoagulantes devem consultar o médico antes de consumir grandes quantidades de alho ou usar suplementos feitos com ele”, completa a especialista.