Um homem identificado como Amauri de Araújo Ferreira, de 50 anos, morreu na noite da última segunda-feira (3) em um assentamento na zona rural de Tangará da Serra (241 km de Cuiabá), após levar um tiro acidental durante uma caçada. A vítima teria se desequilibrado com as tábuas irregulares de um tablado e sua espingarda disparou.

De acordo com informações da Polícia Civil, a ocorrência de morte acidental foi registrada às 19h50 de ontem (3) no assentamento Antônio Conselheiro, na região de Tangará da Serra. Segundo relato da esposa da vítima, Amauri saiu para caçar e um tempo depois ela ouviu um disparo de arma de fogo. A mulher foi verificar e encontrou o esposo caído, sem sinais vitais e com sangue nas roupas.
 
Preliminarmente, foi constatado, que a vítima desequilibrou quando estava em um tablado aguardando a caça. As tábuas estavam irregulares, indicando que ele desequilibrou e deixou a arma cair, ocasionando um disparo acidental.
 
Segundo a polícia, não há vestígios de que possa ter sido um homicídio. A arma utilizada pela vítima é uma espingarda de calibre 36, sem trava, sendo fácil o disparo com impactos. Foi encontrado no bolso da vítima um cartucho deflagrado e um intacto. A Polícia Civil ainda apura o caso.