Anúncios

Uma mulher foi presa por desacato à Polícia Militar, na noite da última quarta (27), em um hotel do bairro Distrito Industrial, em Rondonópolis (215 km de Cuiabá). Ela supostamente inventou que foi agredida pelo recepcionista do estabelecimento, com quem tem um filho, para que ele fosse preso. Mas, bêbada, passou a ofender os policiais.

Consta na ocorrência policial que a mulher foi no hotel com suas amigas e pediram um quarto. Durante o atendimento, ela alegou que teria sido agredida pelo recepcionista com uma tapa no rosto. A foi acionada por ela e encontrou-a em visível estado de embriaguez.

Assim que os policiais chegaram, a mulher passou a xingá-los e dizer que “não seria feito nada”. Ela mostrou para os agentes a marca causada pelo suposto tapa, mas, a olho nu, os agentes não conseguiram ver nada.

Ouvido pela PM, o recepcionista disse que tem um filho com a mulher e que, sempre quando fica bêbada, ela liga para ele e insiste para casarem.

Ele contou que a mulher chegou embriagada no hotel e inventou a agressão para que ele fosse preso. Testemunhas confirmaram que não viram o recepcionista agredir a ex-companheira. Os dois foram encaminhados para a delegacia para esclarecimentos.

Na unidade policial, ela continuou a desacatar a guarnição e recebeu de prisão por desacato.