Anúncios

Mais de 400 empresas de devem participar do ‘’, nesta quinta-feira (27), colocando produtos para venda sem cobrar os impostos.

De acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas () de , que coordena a ação desde 2003, o objetivo é conscientizar a população sobre a alta carga de impostos nos produtos e também é uma para comprar e pagar menos.

O Sindicato do Comércio Varejista de Calçados e Couros de Mato Grosso (Sincalco/MT) estima que a carga tributária chega a 36% nos produtos comercializados no estado.

O ‘Dia Livre de Impostos’ acontece em mais de 1,2 mil cidades do país, segundo a CDL Cuiabá.

O empresário e presidente do Sindicato do Sincalco/MT, Junior Macagnam, estima que o brasileiro trabalha aproximadamente cinco meses do ano só para pagar impostos.

Em um ranking de 30 países, o Brasil é o 14º que mais arrecada impostos, e está em último como país que melhor retorna o para a população.

Os consumidores podem consultar os estabelecimentos participantes no site do Dia Livre de Impostos.