Anúncios

Alexsandro Leite e Giovane Matos da Silva são os policiais penais que morreram em um acidente registrado no início da tarde da última terça-feira (06) na , em (208 km de Cuiabá).

O acidente, que foi registrado no km 527 por volta das 13h, envolveu uma caminhonete do Sistema Penitenciário e uma carreta Scania.

Na batida, dois agentes morreram, um terceiro ficou gravemente ferido e o motorista do veículo de grande porte sofreu uma fratura no braço.

Segundo informações da Secretaria de Estado de (), os agentes estão lotados na Cadeia Pública de .

Armas foram furtadas

Quatro armas foram furtadas dos dois policiais penais, que morreram no grave acidente.

O deputado estadual João Batista (PROS), que é policial penal de e da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de (AL-MT), disse que irá cobrar investigação sobre o fato.

Essa não é a primeira vez que acontece. Vamos cobrar por meio da Comissão de Segurança Pública que haja investigação”, destacou o deputado.

Para Batista só uma pessoa sem caráter tem essa capacidade de tirar algo ‘das mãos’ de quem está morto.

“Primeiro porque a arma estará na mão de pessoas que não estão autorizadas. Segundo que você já está numa cena horripilante que pessoas perderam a vida e ainda tem gente com esse tipo de caráter para chegar e furtar a arma”.

Cada agente tinha duas armas. Uma pessoal e uma do Estado, para trabalho.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.