Anúncios

A Agência Nacional de Elétrica (Aneel) decidiu hoje (6) postergar a aplicação do reajuste anual tarifário da Mato Grosso, previsto para vigorar a partir de 8 de abril.

Os contratos da concessionária estão indexados ao Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), que nos últimos 12 meses apresentou elevação de aproximadamente 30%. Embora o IGP-M tenha sido de 30%, a expectativa é que o reajuste máximo seja de até 16%, o que ainda é elevado e aumentará os custos operacionais.

Por este motivo, a está avaliando alternativas para evitar um aumento muito elevado das contas de luz e optou por aguardar a conclusão dos estudos em andamento.

Dessa forma, fica mantida a tarifa definida em abril de 2020. No estado, a concessionária atende 1,5 milhão de unidades consumidoras, cujo consumo representa um faturamento anual de R$ 5 bilhões.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.