A transferência do gabinete do prefeito José Carlos do Pátio para a Secretaria Municipal de Saúde já começou a surtir efeito. Nessa quinta-feira (18) a Prefeitura protocolou um ofício no Hospital Santa Casa de Rondonópolis solicitando a possibilidade do hospital fazer a locação de 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para receber a demanda de pessoas infectadas pela covid-19.

O município pretende custear 100% das despesas da locação com recursos próprios, dessa forma os 10 leitos ficariam liberados para atender exclusivamente a população de Rondonópolis que precisar de um leito de UTI por conta do agravamento da covid-19.

Enquanto aguarda uma resposta da Santa Casa, o secretário de Saúde do município, Rodrigo Ferreira, afirma que continua em andamento o processo licitatório para instalação dos 10 leitos de unidade semi-intensiva no Hospital Municipal Antônio dos Santos Muniz, chamado de hospital de retaguarda.

A ideia da locação dos leitos da Santa Casa, já foi compartilhada com uma representante do hospital durante uma reunião no início dessa semana. No momento foi sinalizado positivamente para a locação, porém a Saúde aguarda um parecer oficial para organizar os procedimentos para os atendimentos no local.

Essa é uma das ações desenvolvidas na presença do prefeito no gabinete na Secretaria de Saúde. José Carlos do Pátio resolveu transferir o gabinete para acompanhar in loco e dar mais celeridade nos procedimentos para ampliar a capacidade de atendimento dos rondonopolitanos acometidos pela Covid-19, como, por exemplo, a instalação de mais leitos e a contratação de mais médicos plantonistas para UPA.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.