Anúncios

Os resultados das análises dos recursos contra o resultado provisório da prova escrita discursiva do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) foram divulgados. Os selecionados podem conferir o resultado no site do programa.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo exame, somente quem foi aprovado na primeira fase (provas discursivas escritas), seja através de recurso ou não, está apto a ir para a segunda – quando serão aplicadas as provas de habilidades clínica. 

O Revalida tem o objetivo de aferir conhecimentos, habilidades e competências requeridos para o exercício da Medicina, adequados aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (), em nível equivalente ao exigido dos médicos formados no país. A revalidação do diploma é responsabilidade das que aderirem ao Revalida.

“Uma novidade desta edição é que, se o médico formado no exterior reprovar na segunda etapa, ele poderá se reinscrever diretamente nessa fase, nas duas edições consecutivas. Anteriormente, era necessário realizar todo o processo desde o início”, informa o Inep.

Segundo o órgão, as referências do Revalida são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional, conforme previsão da Matriz de Referência do Revalida.