Anúncios

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), alerta a população para uma mensagem que está circulando em grupos de aplicativo WhatsApp, que utilizam o nome de uma rede de drogarias, para anunciar o falso início da vacinação particular contra a Covid-19.

O texto da mensagem comunica a disponibilidade de 20 vagas por dia para pessoas que tenham interesse em se vacinar contra o coronavírus e estabelece os valores das vacinas, sendo: por R$225, Pfizer por R$295 ou Janssen por R$379.

O delegado da Decon, Rogério Ferreira, alerta que o Congresso Nacional aprovou recentemente projeto de lei que permite que empresas privadas adquiram vacinas, porém as doses devem ser doadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), para distribuição enquanto durar a vacinação nos grupos prioritários.

Até o momento, clínicas de vacinação e empresas privadas não adquiriram vacinas. Há negociações com a vacina indiana Covaxin, porém esta vacina ainda não foi aprovada pela e não há previsão de entregas do produto no Brasil neste primeiro semestre do ano.

A Polícia Civil alerta a população que, no momento, não há vacinas sendo comercializadas ou aplicadas em farmácias, clínicas ou em empresas particulares, e para que não comprem ou negociem vacinas por telefone ou por mensagens de WhatsApp, uma vez que pode se tratar de Fake News ou tentativa de estelionato.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.