O Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) localizou uma mulher, 28 anos, em Nova Mutum (264 km de Cuiabá), que havia desaparecido do estado do Ceará em dezembro de 2020. Ela morava na cidade de Itaitinga e sumiu após sair para resolver um problema bancário.

Antes de desaparecer, ela pegou o cartão de crédito emprestado do padrasto para comprar um calçado e não retornou mais para casa. Preocupada, a mãe entrou em contato com a operadora do cartão para saber se ele havia sido utilizado e descobriu que foi usado para comprar uma passagem área para Mato Grosso.

Ela também havia desligado o telefone.

Após isso, a mãe procurou a Polícia Civil do Ceará para informar do desaparecimento, que entrou em contato com o Polícia Civil de Mato Grosso.

O Núcleo de Desaparecidos elaborou um cartaz e, após divulgação, recebeu informações de que a suposta desaparecida estava morando em um sítio de Nova Mutum.

Os policiais foram ao local, mas não conseguiu encontrá-la. Eles, então, deram continuidade às buscas e a encontraram em uma casa no bairro Jardim Europa.

Aos policiais, a mulher disse estar na cidade por vontade própria e que se mudou para morar com um homem transexual, mulher que se identifica como homem.

Ela foi orientada pelos policiais a entrar em contato com os pais para informar o paradeiro.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.