Anúncios

A Prefeitura de Sinop decidiu manter, temporariamente, até o fim desse mês, as aulas 100% online em todas as escolas. As atividades que já haviam sido retomadas, desde o mês de fevereiro, estão suspensas. A decisão foi tomada hoje (17) em conjunto com a equipe técnica da saúde e a Secretaria Municipal de , que analisam a situação da pandemia no município, e valem a partir dessa quinta (18). O ensino remoto (online) permanece para os 17.800 alunos da rede municipal, através da plataforma de ensino. 

A suspensão ocorre devido ao constante aumento de casos de Covid-19 registrados no município, a fim de evitar colapso na rede de saúde. O objetivo da medida é para diminuir o risco de disseminação do vírus no ambiente escolar, que compreende alunos, professores, servidores da educação e também pais, devido a possibilidade de transmissão em casa.

A retomada presencial estava ocorrendo de forma híbrida e escalonada, cumprindo todas as medidas de necessárias. Os ambientes foram preparados, com higienização de objetos; disponibilização de tapetes sanitizantes; álcool em gel, entre outras medidas de biossegurança. No entanto, apesar de tais medidas preventivas, a equipe técnica entende que o isolamento e distanciamento, ainda são necessários, ao menos nesse momento de maior intensidade de disseminação do vírus e maior número de registros de contaminados. 

A gestão não tem medido esforços para ampliar e assegurar os atendimentos de casos suspeitos. 16 unidades básicas de saúde realizam atendimentos, além de 4 unidades referência para Covid-19 e 2 centros integrados de atendimento. Uma dessas unidades atende de segunda a segunda por 24 horas (UBS José Ramos Pereira, no Maria Vindilina II) e outra unidade atende de segunda à sexta-feira das 19h as 06h e aos finais de semana e feriados por 24h (Upinha do jardim ibirapuera). Importante reforçar que foram ampliados 20 leitos de internação e 5 de estabilização na UPA municipal, para atendimentos dos pacientes. 

Inicialmente foi definido um cronograma de retomada escalonada das atividades presenciais, no entanto, esse calendário já havia sido suspenso no início dessa semana. Dez escolas da rede municipal de ensino já haviam retornado. A suspensão das atividades presenciais vale até o dia 31/03, quando será avaliada a necessidade de manter a suspensão ou voltar novamente o ensino presencial. 

Integrando as medidas adotadas pela pasta, parques infantis, academias ao ar livre, quadras de areia, ginásios e campos de futebol foram interditados nesta quarta-feira (17). O objetivo é resguardar a saúde da população e evitar que novos casos surjam no município.

Escolas com atividades presenciais suspensas:

Ensino fundamental – EMEB:
– Aleixo Schenatto 
– Taciana Balth
– Basiliano do Carmo 
– José Reinaldo 
– Valter Kunze 

Ensino infantil  – EMEI:
– Monteiro Lobato 
– Tatiana Belinky 
– São Francisco 
– Pequeno Príncipe 
– Alvorada