Anúncios

A recebeu uma denúncia de que uma mulher de 49 anos estava trabalhando em um supermercado no Centro de de (803 km de ) mesmo após ter sido diagnosticada com -19. A denúncia foi feita na segunda-feira (15).

De acordo com o denunciante, a mulher deveria estar em isolamento domiciliar, mas está indo diariamente para o serviço. Ainda segundo a denúncia, o dono do supermercado sabia do diagnóstico e ordenou que ela continuasse exercendo a função.

Um fiscal de monitoramento da do município foi até o estabelecimento e confirmou o relato.

O caso será investigado pela Polícia Civil.