Anúncios

Hoje em dia é muito difícil reconhecer um  clonado, visto que a rede social tornou-se o principal meio de comunicação. Enquanto você lê essa frase, já deve ter recebido a notificação de alguma mensagem enviada pelo aplicativo.

Embora esta forma mais fácil de se comunicar tenha se popularizado bastante nos últimos anos, também cresceu o número de golpes aplicados através dele. Um desses, envolve a clonagem da sua conta no app. Mas calma: se você tiver o seu WhatsApp clonado, você vai perceber, e vai poder retomar o acesso à sua conta em poucos instantes.

Como descobrir?

Se seu WhatsApp foi hackeado, ou se até mesmo alguém clonou o seu celular, você vai saber. Como? Bem, é impossível usar o mesmo número do aplicativo em dois celulares ao mesmo tempo. Se alguém obteve o seu número e autenticou a sua conta do app em outro aparelho, o WhatsApp vai te notificar que o seu número está sendo usado em outro celular.

Será exibido no seu celular uma mensagem informando que possivelmente o seu número foi registrado em outro telefone. A única ação possível é tocar em “Confirmar”, para receber SMS com código de seis dígitos e assim autenticar novamente sua conta.

Mensagem que alertará sobre suspeita de .

Como recuperar a conta de WhatsApp roubada?

Entre novamente no WhatsApp com seu número de telefone e aguarde o SMS que será enviado com seis dígitos para você confirmar sua conta.
Além de receber um código via SMS para autenticar novamente e assim recuperar a sua conta que foi roubada, é possível você precise informar também um código de confirmação em duas etapas. Caso você não saiba esse código, é provável que quem está usando sua conta tenha ativado a verificação em duas etapas. Dessa forma, você precisará aguardar por sete dias para acessar sua conta sem o código de verificação em duas etapas.

Não se preocupe: mesmo que você não saiba o código de confirmação em duas etapas, quem está usando sua conta será desconectado quando você inserir o código de seis dígitos enviado por SMS.

Para verificar se o WhatsApp Web também está ativo em algum dispositivo que não seja seu, e assim, tenha outra pessoa acessando sua conta e mensagens, abra o app e siga os passos abaixo:

  • WhatsApp Android: Acesse o “Menu Principal”, em seguida “WhatsApp Web e confirme para sair de todas as sessões.
  • WhatsApp iPhone: Vá para “Ajustes” e em seguida “WhatsApp Web/Computador” e verifique a lista de todas as sessões abertas.

Dessa forma, você poderá visualizar os dispositivos que estão conectados ao seu WhatsApp e encerrar a sessão caso não reconheça algum.

Para saber se a sua conta está conectada em outro computador, é só entrar no menu Configurações do app e depois, WhatsApp Web

 

É bom fazer isso com uma certa frequência para garantir que ninguém que venha a usar o seu computador — ou outro computador que você tenha acessado o WhatsApp Web — possa acessar suas mensagens e conversas. É importante se resguardar para esse tipo de situação e evitar que sua conta seja roubada.

O que fazer quando você for clonado

Porém, mesmo que você tenha autenticado novamente seu telefone para o aplicativo e até tenha desabilitado o acesso do WhatsApp Web em outros computadores, sua conta não seja ativada e continue na suspeita que teve o WhatsApp clonado, você tem duas opções:

  • Se tiver certeza que o seu smartphone estava protegido por senha, padrão ou biometria, você pode esperar até adquirir um novo aparelho com o chip da sua operadora, já cadastrado com seu número. Assim, basta instalar o app do WhatsApp no novo aparelho e cadastrar novamente o seu número para recuperar sua conta. Quando você autentica, automaticamente o sistema desvincula o seu número do aparelho anterior.
  • Caso você não tenha proteção por senha, ou queira desativar rapidamente sua conta, deve entrar em contato com o suporte do WhatsApp através do e-mail support@whatsapp.com, escrevendo no assunto e na mensagem a frase “Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta“, incluindo o número do seu telefone no formato internacional (Ex.: +55-11-98765-4321). Sua conta será desativada, e a empresa garante que as mensagens recebidas serão armazenadas durante 30 dias. Após esse período, a conta será apagada da plataforma, e os dados serão perdidos.

E é muito importante que ao detectar que sua conta foi clonada, você avise amigos, familiares e colegas próximos para que não façam interações via WhatsApp com quem está usando sua conta e assim, evitem futuros golpes.

Como evitar ter o WhatsApp clonado?

Para usar o aplicativo em segurança e evitar que seu WhatsApp seja clonado, é recomendado que você ative a verificação em duas etapas, cadastre impressões digitais em seu smartphone Android ou iPhone para acessar o app e evite as ligações e mensagens de perfis falsos.

Como ativar a verificação em duas etapas

Essa ativação está disponível no aplicativo do WhatsApp e pede que você defina um PIN de 6 dígitos que precisa ser digitado toda vez que o login for feito. Se alguém, de fato, clonar seu WhatsApp depois dessa, a pessoa vai precisar inserir o PIN. Por isso, é bom você escolher uma senha forte, que não seja 123456 ou algo do tipo.

Para prevenir um Whatsapp clonado, faça a verificação em duas etapas

 

Além do PIN, você deve colocar um endereço de e-mail para recuperar sua conta caso perca o número de verificação. Desse jeito, se esquecer a senha, poderá criar uma nova.

Como cadastrar biometria

Para aumentar sua segurança ao usar o WhatsApp, ative o recurso de impressões digitais (Touch ID ou o Face ID) para desbloquear o smartphone Android ou iPhone e assim, usar o app – uma nova atualização para aumentar a segurança do WhatsApp Web via biometria está sendo liberada para usuários também.

O usuário pode habilitar este recurso direto nas configurações do app e definir após quanto tempo o app do WhatsApp será bloqueado – e assim, ao abrir o aplicativo será solicitado novamente o desbloqueio por impressões digitais.

Siga o nosso guia completo para ativar o WhatsApp por biometria no smartphone Android ou iPhone.

Como identificar ligações e perfis falsos

Além dos recursos de segurança do WhatsApp, é importante que você saiba identificar ligações e mensagens falsas para evitar ter o WhatsApp clonado.

Suspeite de links recebidos por mensagens – e aumente o alerta se foram enviados por contatos que você desconhece – e verifique sempre o endereço do site para onde você será direcionado antes de clicar. Caso receba uma mensagem de promoção de alguma empresa, vá até o site oficial ou redes sociais da empresa e confirme se a promoção é genuína.

Nunca insira suas informações pessoais em sites que você não tem a certeza se são seguros. E não compartilhe suas senhas e dados pessoas por mensagens.  Opte por denunciar a conta e bloquear o contato para não receber mais mensagens e ligações da conta suspeita.
E por fim, desconfie de ligações que solicitem senhas, códigos enviados por SMS e/ou qualquer outra informação que você considere pessoal.

Essas são algumas maneiras de impedir que sua conta no aplicativo não seja clonada. Fique sempre atento, cuidado onde clica e, claro, não compartilhe as correntes sem antes checar de onde elas vieram.