Anúncios

Um corpo em avançado estado de decomposição foi encontrado por um pescador boiando na região do Salto Magessi, do Norte, em Sorriso, a 397 km de , neste domingo (14). Segundo o boletim de ocorrência, devido ao tempo na água o cadáver estava sem alguns membros.

A polícia acredita que trata-se de Elenilton Viana Sousa, de 18 anos, que desapareceu no dia 21 de janeiro, após possivelmente ser torturado e executado às margens do . Na época, um outro rapaz, que também seria vítima dos criminosos disse à polícia que ele e Elenilton foram sequestrados por três homens numa noite e levados para um local, onde foram imobilizados e torturados.

Ainda segundo o relato, após ficarem cerca de 36 horas como reféns, as duas vítimas foram levadas para um local conhecido como Pedreira e lá os três suspeitos teriam colocado Elenilton às margens do rio e um deles teria atirado contra o rapaz, que na sequência caiu na correnteza. Mesmo amarrado, a outra vítima disse que conseguiu ver a cena por baixo da venda que tinha nos olhos e que foi colocado no mesmo local onde Elenilton foi executado.

Segundo ele relatou no boletim de ocorrência, antes dos criminosos o matarem, ele se jogou no rio e conseguiu fugir. Após o relato à polícia, o Corpo de Bombeiros esteve no local e fez buscas na região por vários dias. Como havia chovido muito naquela semana, o rio estava com o volume da água alto e a correnteza muito forte, o que fez com que os mergulhadores, por , não entrassem no rio e as buscas se concentrassem mais nas margens. Depois, as buscas foram encerradas e agora esse corpo foi encontrado. A identidade deve ser confirmadas por meio de um exame de DNA.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.