Anúncios

O preço do combustível está 5,8% mais caro em relação a primeira semana do ano em Mato Grosso. Só este ano, a anunciou quatro aumentos nos preços da e três nos valores do diesel.

O impacto da alta no preço dos combustíveis já está sendo sentido. No fim do segundo mês do ano, os preços dos combustíveis já subiram pela quarta vez em 2021.

O preço está 5,8% mais caro em relação a primeira semana do ano e quase metade do preço que pagamos ao abastecer corresponde a impostos. O preço líquido da gasolina, por exemplo, nas refinarias é de cerca R$ 1,66.

Com todos os tributos federais e estaduais, chega ao consumidor por um valor bem salgado. Na bomba em Rondonópolis, o valor da é encontrado a R$ 5,19.

O diesel também não escapou a média na cidade é de R$ 4,59. O etanol acompanha essa subida chegando a R$ 3,49.

A tem informado que os aumentos foram fundamentais para manter o mercado de combustíveis sem risco de desabastecimento. A estatal defende que os preços internacionais do petróleo atingiram na semana passada os maiores níveis desde janeiro do ano passado.