Anúncios

O Comitê Gestor de Crise de Rondonópolis, decidiu, por enquanto, não autorizar presenciais na rede particular e municipal do município.

O Comitê entendeu que não havia um plano específico para determinar a volta às . O vereador Jonas Rodrigues, o Dr Jonas (SD), disse no grupo de whatsapp Giro Político, que deve ser apresentado um estudo aprofundado sobre o tema até dia 12 de fevereiro, para que seja feita uma nova deliberação. “Esse tema vai ser apreciado para que o comitê possa dar um retorno à sociedade dessa situação”, disse o parlamentar no grupo. “Levei a preocupação e o pedido do vereador Guinâncio, que esteve em uma reunião na , na semana passada”, completou.

Ele destacou ainda que o secretário de Educação do município, Rogério Penso, esteve na reunião realizada na manhã deste sábado. ” O Rogério Penso já havia conversado com os diretores das particulares para que eles apresentem até o dia 12 de fevereiro, um plano de ação para a volta às aulas”, disse.

O vereador completou que o estudo a ser apresentado será mais aprofundado.

A escolas defendem a forma hibrida de aulas em Rondonópolis.