Anúncios

Severino Zanchin, de 89 anos, que assassinou a esposa Lucianda de Oliveira, de 75 anos, a facadas após uma discussão, segue internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado estável. Segundo informações repassadas pela família ao delegado Márcio Portela, responsável pelas investigações, o idoso atacou a filha, o genro e a esposa após discutir devido a troca da cama dele. Lucianda acabou morta na noite de sábado (2), em uma região de chácaras da cidade de (a 420 quilômetros de Cuiabá).

Segundo o delegado, familiares disseram que a cama do idoso “era antiga”, e, por isso, a filha dele comprou uma nova. Porém, na fazenda onde a família estava reunida, na BR-163, nas proximidades do posto da PRF, insatisfeito com a troca do móvel, o acusado pegou uma faca que estava perto da mesa e feriu a mão da filha.

O genro do idoso saiu do local e não foi atingido, mas Lucianda, ao ajudar a filha, foi esfaqueada na barriga e morreu após chegar no hospital, na tarde de sábado. Policiais rodoviários federais encontraram o idoso com a faca na mão, abalado.

Segundo o delegado, o acusado, apesar de ter 89 anos, responderá normalmente pelo crime normalmente. “As vítimas foram ouvidas e outras pessoas que estavam no local.  Ele está na UTI, em quadro estável. Ele não tem passagem pela polícia”.