Anúncios

O homem preso pela Polícia Militar nesta terça-feira (26) não tinha envolvimento na morte da ex-presidente do Serviço de Saneamento Básico de Rondonópolis (Sanear), Terezinha Silva de Souza.

A informação foi confirmada pela . A assessoria de imprensa informou que as diligências necessárias para esclarecimento do crime ainda estão sendo realizadas.

O suspeito estava com muitas munições e foi preso por de drogas. Na mesma ação, um segundo homem também foi detido por fazer parte da mesma organização criminosa.

O crime ocorreu em no último dia 15 de janeiro. Um motorista da empresa levava a vítima para o trabalho quando, ao parar em um semáforo, dois homens em uma motocicleta se aproximaram e efetuaram vários disparos.

Terezinha chegou a ser socorrida, porém não resistiu.

Um suspeito de envolvimento no chegou a ser conduzido à delegacia no dia 17, após denúncia anônima realizada à Polícia Militar. Ele negou qualquer participação no crime e disse que estava em casa no momento da execução.

Além disso, a moto do homem não era a mesma usada pelos criminosos. Ele acabou solto no mesmo dia.