Anúncios

Policiais da Delegacia de (709 km a médio-norte de Cuiabá) prenderam em flagrante na quarta-feira (06.01) um homem de 49 anos por manter sua ex-convivente em cárcere privado, em uma residência na cidade.

Conforme relato da mulher de 31 anos, mesmo havendo tendo uma medida protetiva contra o suspeito, ele solicitou para ver a filha do casal, pedido atendido pela vítima. Chegando ao local, ela foi feita refém por aproximadamente duas semanas, sendo constantemente ameaçada e forçada a manter relação sexual com o suspeito.

Ao ser localizado pela equipe e preso em flagrante pelo cárcere privado, os policiais civis constataram que havia um mandado de prisão preventiva em aberto contra o suspeito, oriundo da Comarca de São José do Rio Claro, pelo descumprimento de medida protetiva.

Após a lavratura do auto de prisão pelos crimes de cárcere privado e descumprimento de medida protetiva, o delegado João Antônio Batista Ribeiro Torres requereu a prisão preventiva do suspeito.

Ele foi encaminhado para a unidade prisional de Juara, onde permanece à disposição do Poder Judiciário.