Anúncios

Enquete realizada pela Secretaria de Estado de Educação () apontou que 55% dos servidores e 48% dos pais ou responsáveis pelos estudantes querem que as aulas na rede estadual continuem no sistema não presencial neste momento. A opinião dos estudantes é diferente, já que 43% votaram pelo retorno presencial e 26% pelo híbrido (os dois sistemas).

As consultas foram realizadas no portal e nas redes sociais da Seduc-MT, entre os dias 11 e 15 de janeiro, para saber a opinião da comunidade escolar sobre qual era a melhor modalidade para retomada das atividades de ensino nas escolas da rede estadual no dia 8 de fevereiro.

Na sexta-feira (15.01), o Governo do Estado anunciou que o retorno será no sistema não presencial devido ao crescimento dos casos de coronavírus (Covid-19) e a alta demanda por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Mas, o governo definiu que todas as semanas os dados da pandemia serão avaliados para definir o momento que será possível o retorno híbrido (com 50% dos estudantes em sala de aula em dias alternados), com segurança.

Resultado das enquetes

Os servidores votaram e, do total de 10.344 votos válidos, 55% preferem que as aulas continuem na modalidade não presencial, 28,93% opinaram que o ensino deve ser híbrido e 15% votaram para o retorno das aulas presenciais.

O maior número de votos foi de pais ou responsáveis pelos estudantes. Do total de 37.873 votos válidos, 48% querem que as aulas continuem na forma não presencial, 28,09% preferem o retorno presencial e 23,08% optaram pela volta às aulas no modo híbrido de ensino.

Dos 1.172 votos válidos dos estudantes, 43% afirmaram que querem o retorno das aulas na modalidade presencial, 26% votaram para o retorno no sistema híbrido e 30% pelo não presencial.

Para garantir legitimação dos votos, foram computados somente a resposta com número de CPF válido.