Anúncios

Um homem de 36 anos, nome não revelado, foi preso durante a noite dessa quinta-feira (14) após invadir a casa de uma mulher, 25, que estava nua no quintal estendendo roupa, e tentar estuprá-la, em (509 km da Capital).

De acordo com a ocorrência, a vítima foi surpreendida com o tarado em casa, que ao vê-la nua partiu para cima.

A mulher começou a gritar e o acusado a segurou mais forte e disse: “Calma, calma! Não precisa de fazer escândalo”.

Nesse momento a vítima começou a gritar mais alto e a se debater, conseguindo se desvencilhar dos braços do tarado.

O criminoso percebeu que ‘tinha alguém chegando’, um vizinho que teria escutado os gritos e corrido para ajudar. Então o tarado correu na tentativa de fugir.

Alguns populares flagraram o homem seguindo em direção à Rua Douto Valmir. Uma testemunha conseguiu ver quando o acusado entrou numa casa e denunciou à (PM), acionada pelos vizinhos da vítima.

Os militares seguiram ao endereço, chamaram pelo acusado que em primeiro momento não atendeu, mas, devido à insistência da polícia, saiu de casa.

Durante os questionamentos, o tarado confessou que invadiu a casa da mulher, mas que não tinha intenção de machucá-la e estava apenas ‘dando uma olhada’.

O homem foi detido e encaminhado à Central de Flagrantes, onde a ocorrência foi registrada por crimes de importunação sexual, por praticar contra alguém sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro, e violação de domicílio.

O acusado foi encaminhado à Delegacia de , junto do B.O, onde foi ouvido pelo delegado de plantão e colocado à disposição da Justiça.