Anúncios

Nenhuma das 15 unidades do Centro de Formação e Atualização Profissional da Educação Básica (Cefapro) de será desativada. São falsas as informações que circulam na internet, que dizem que as atividades nas unidades serão interrompidas.

Todos os polos continuarão em funcionamento para atuação regionalizada da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), como parte da nova fase de melhorias no ensino e aprendizagem. “Os Cefapros continuarão abertos e em funcionamento”, garante o secretário Alan Porto.

Os diretores de cada polo regional já se reuniram com o secretário. Porto esclareceu que as unidades continuam ativas e seguem inseridas no processo de melhorias da educação da rede estadual. No encontro, foi apresentado aos diretores a reestruturação dos planos pedagógicos com critérios para alcançar melhores resultados.

Alan Porto afirmou que o objetivo é construir uma relação de proximidade, sempre em diálogo com os coordenadores, para poder criar projetos voltados para a área pedagógica.

“Tenho certeza que vamos ter condições de contar com a força de trabalho de cada Cefapro. Eles serão os grandes representantes da Seduc nos polos. A presença dos representantes de cada unidade é importante, pois as ações que iremos desencadear na área pedagógica são focadas no sistema estruturado de ensino. A presença de todos é fundamental para melhorias da rede ensino”, afirma o secretário.

A permanência do funcionamento dos Cefapros também já foi confirmada pelo secretário adjunto executivo da Seduc, Amauri Fernandes.

“O Cefapro tem uma enorme competência, queremos ampliar essa atuação das unidades, pois nossos professores e colaboradores conhecem a rede para trabalhar na implantação de novas mudanças positivas na educação em Mato Grosso”.

Capacitação de professores

A formação continuada dos professores é um dos principais pilares da educação, e nela serão investidos os recursos necessários para atingir as metas de crescimento do nível de aprendizado dos estudantes. Somente na área pedagógica, a Seduc investirá cerca de R$ 450 milhões do programa do governo do Estado Mais MT.

Neste momento, a Seduc trabalha em ritmo acelerado para receber investimentos na aquisição de novos materiais didáticos para fortalecer e elevar o nível de aprendizado dos jovens.

Ainda em 2021, será implantado o sistema estruturado de ensino, uma solução pedagógica que inclui material apostilado de excelência como apoio ao ensino-aprendizagem. Além de uma plataforma digital de ensino; e a formação continuada dos professores de acordo com as necessidades das escolas; e o sistema de avaliação permanente dos estudantes. 

A meta dos gestores da Seduc é melhorar em 20% até 2023 o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) referente a 2019, para avançar Mato Grosso entre os Estados com melhor desempenho do Brasil.

Suporte tecnológico

Além do material didático de ponta, os alunos terão chromebooks – computadores portáteis específicos para a educação – como mais uma possibilidade de aprendizagem; professores terão notebooks à disposição.

Por isso, a importância e a permanência dos Cefapros no processo de formação dos docentes da rede pública para atender a necessidade de ampliação e especialização da formação continuada, com o emprego de modernas metodologias pedagógicas.