Anúncios

A de deflagrou, na manhã desta sexta-feira (04.12), a Operação Vetus, coordenada pelo e Segurança Pública (MJSP) em combate aos crimes de . A operação ocorreu nos 26 estados do país e no Distrito Federal.

Em Mato Grosso, a ação conta com o efetivo de onze policiais coordenados pelo delegado do Núcleo de Atendimento ao Idoso (NAI) de Cuiabá, Vitor Chab Domingues e pela delegada da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, e Idoso de , Mariell Antonini Dias.

Na operação foram cumpridas, 13 medidas cautelares inominadas de afastamento de lar (nove em Cuiabá e quatro em Várzea Grande) e também realizada a checagem de denúncias anônimas em alguns pontos da região metropolitana. As equipes também realizarão a visita em dois abrigos de idoso de Cuiabá para verificar as condições do ambiente e de atendimento aos idosos.

Segundo o delegado do NAI, Vitor Chab Domingues, os principais crimes investigados pela operação Vetus são maus tratos contra idosos, apropriação de proventos, retenção de , abandono de idoso, omissão de socorro e discriminação por motivo de idade.

Desde o início da operação, no mês de abril até o momento, já foram apuradas 279 denúncias, realizados 800 atendimentos, 668 procedimentos nas delegacias, entre Inquéritos Policiais e Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) e 18 prisões.

Das ações realizadas pelo NAI em Cuiabá, foram 16 pessoas presas, 498 vítimas atendidas, 225 diligências, 216 denúncias apuradas, nove medidas inominadas de afastamento de lar, 501 inquéritos instaurados e 98 TCO’s lavrados.

Em Várzea Grande, duas pessoas foram presas, 84 vítimas atendidas, 63 diligências, 63 denúncias apuradas quatro medidas cautelares de afastamento de lar, 57 inquéritos policiais instaurados e 12 TCO’s lavrados.

Operação Vetus

A operação integrada, teve início no dia 1º de outubro (Dia Internacional do Idoso) e foi planejada tendo em vista o aumento de denúncias de abuso registradas durante o período da , pelo Disque 100, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.