Anúncios

A Polícia Civil de (643 km a médio-norte de Cuiabá) prendeu na sexta-feira (04.12) o suspeito de um homicídio qualificado ocorrido em uma fazenda da região, no início da semana passada.

Após diligências para esclarecer o crime, cometido na noite de 1o de dezembro, os policiais civis chegaram à identificação do autor do crime, de 54 anos, que teve o mandado de prisão representado pelo delegado João Antônio Ribeiro Torres.

A vítima, Márcio da Veiga, 37 anos, era colega de trabalho do suspeito e foi alvejada com tiros de espingarda calibre 28.

A Polícia Civil foi comunicada de que havia uma pessoa em óbito no barracão da propriedade, localizada a 150 quilômetros de Tabaporã. O corpo foi encontrado com perfurações de arma de fogo, na parte de trás da cabeça, que desfiguraram parcialmente o rosto. O proprietário do local informou aos policiais que no barracão residiam três pessoas, funcionários que prestavam serviços na fazenda. No local foram aprendidos cartuchos de calibre 28 deflagrados.

Com base nas informações coletadas, o delegado João Antônio representou pela prisão do suspeito, que foi deferida pelo juízo da Comarca de Tabaporã.

Em depoimento, ele alegou que cometeu o crime em legítima defesa, porém, as provas coletadas e a perícia indicam um crime doloso, cometido à traição. “As investigações foram intensas, contudo exitosas no sentido de ter angariados elementos de informação sobre a autoria e materialidade delitiva e o inquérito será concluído para envio ao Poder Judiciário”, informou o delegado.