Anúncios

A de Tabaporã (643 km a médio-norte de Cuiabá) prendeu na sexta-feira (04.12) o suspeito de um homicídio qualificado ocorrido em uma da região, no início da semana passada.

Após diligências para esclarecer o crime, cometido na noite de 1o de dezembro, os policiais civis chegaram à identificação do autor do crime, de 54 anos, que teve o mandado de prisão representado pelo delegado João Antônio Ribeiro Torres.

A vítima, Márcio da Veiga, 37 anos, era colega de trabalho do suspeito e foi alvejada com tiros de espingarda calibre 28.

A foi comunicada de que havia uma pessoa em óbito no barracão da propriedade, localizada a 150 quilômetros de Tabaporã. O corpo foi encontrado com perfurações de arma de fogo, na parte de trás da cabeça, que desfiguraram parcialmente o rosto. O proprietário do local informou aos policiais barracão residiam três pessoas, funcionários que prestavam serviços na fazenda. No local foram aprendidos cartuchos de calibre 28 deflagrados.

Com base nas informações coletadas, o delegado João Antônio representou pela prisão do suspeito, que foi deferida pelo juízo da Comarca de Tabaporã.

Em depoimento, ele alegou que cometeu o crime em legítima defesa, porém, as provas coletadas e a perícia indicam um crime doloso, cometido à traição. “As investigações foram intensas, contudo exitosas no sentido de ter angariados elementos de informação sobre a autoria e materialidade delitiva e o inquérito será concluído para envio ao Poder Judiciário”, informou o delegado.