Anúncios

O recebeu a doação de uma ambulância da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços prestados durante a pandemia da Covid-19. A doação da chave simbólica foi realizada durante a abertura do jogo entre o Atlético Mineiro e Internacional, que aconteceu no último domingo (06.12) em (MG).

Em Mato Grosso, por meio do programa “Craques da Saúde”, a CBF destinou a ambulância ao Hospital Metropolitano – localizado em –, unidade estadual que obteve o maior índice de pacientes recuperados do .

De maio a novembro de 2020, o Hospital Metropolitando atendeu a 1.873 pacientes com a Covid-19, sendo realizadas 1.932 tomografias computadorizadas. Apenas nesta unidade hospitalar, foram registradas 1.334 altas e recuperações da doença.

O e diretor técnico do hospital, Nabih Fares, representou o Estado durante a entrega simbólica da ambulância, que foi apresentada por Rodrigo Dourado e Réver. 

“Esse reconhecimento é muito importante porque valoriza o trabalho que foi idealizado por cada um dos colaboradores. A valorização nos dá mais força para a continuidade dessa luta. Fica o sentimento de gratidão por sabermos que esse prêmio é o resultado de muitas vidas salvas. Essa ambulância vai auxiliar na remoção e transporte dos pacientes, com conforto e ”, disse.

A diretora geral do Hospital Metropolitano, Sônia Amorim, também registrou agradecimento à iniciativa da Confederação Brasileira de Futebol. “A direção do hospital reconhece o trabalho de todos que direta ou indiretamente trabalham de forma ética, com compromisso pela saúde pública. Os profissionais da saúde continuaram quando tudo parou e permaneceram firmes mesmo em meio às incertezas. Por isso o reconhecimento nacional é tão justo e necessário”, declarou a gestora.

De acordo com a CBF, a chave doada para o Hospital Metropolitano representa uma das 27 ambulâncias que estão sendo doadas para unidades do Sistema Único de Saúde () de todo o país. Em cada unidade federativa, o hospital com o maior número de pacientes recuperados da Covid-19 receberá a doação.