Anúncios

O Governo do Estado começa a colher frutos em seu trabalho de na escolar. A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) tem 12 praticamente prontas – entre reforma geral e novas construções – que deverão ser entregues às comunidades em breve. Nessas 12 obras, foram investidos cerca de R$ 32 milhões sendo três delas conveniadas. Desse total, serão novas 37 salas de aulas ampliando a ofertas de vagas na rede estadual.

Cinco obras estão em fase final com previsão de conclusão no início de 2021. Tanto as escolas novas como as reformadas terão mobiliários, como carteira e armários, além de aparelhos de ares condicionados, todos novos.

É o caso da Escola Estadual Júlio Muller, em (a 168 quilômetros a médio-norte da Capital) que teve reforma geral e se transformou numa nova escola.

Em Nobres (a 146 quilômetros a médio-norte), a EE Marechal Cândido Rondon também foi reformada por completa deixando a comunidade escolar satisfeita. São oito salas de aula, biblioteca, sala multifuncional, sala de , parte administrativa, banheiros, cozinha e refeitório, sem falar que recebeu adaptação de acessibilidade.

A EE Coronel Vanique, em Nova Xavantina (a 645 quilômetros a leste de Cuiabá) é outra unidade escolar que recebeu reforma geral, pois estava prestes a ruir. Os problemas estruturais e falta de adequações é coisa do passado – a comunidade escolar não vê a hora de receber a escola praticamente nova.

“São escolas que, muitas vezes, nunca receberam uma manutenção preventiva desde que foram inauguradas. Com o tempo, os prédios foram se deteriorando e tivemos que fazer reforma completa. Mais que um prédio novo, é conforto para alunos e da educação, é motivação para todos que vai refletir na aprendizagem. Sem falar que os pais participam mais das atividades escolares”, salienta o secretário de educação, Alan Porto.  

Novas Escolas

Em Tangará da Serra (a 239 quilômetros a médio-norte de Cuiabá), a cidade não vê a hora de inaugurar a EE Vereador Bento Muniz, no bairro Altos do Tarumã. Será uma escola com 12 salas de aulas, dependências administrativas, quadra poliesportiva e acessibilidade.

Cinco salas

Em Itanhangá (a 403 quilômetros ao norte da Capital), a reforma na EE Bromildo Lawisch, em convênio com a Prefeitura Municipal, possibilitou a construção de mais cinco novas salas de aula. São até 450 novas vagas novas na escola.

Outra escola que está com a reforma quase pronta é a EE Marechal Dutra, em (a 212 quilômetros ao sul de Cuiabá), com um vestiário completo – masculino e feminino – da quadra poliesportiva, além da estrutura física.

Em Jaciara, a comunidade escolar do Distrito de Celma aguarda a entrega da EE do Campo Celestino Correa da Costa, em convênio com o Governo Federal.

Em Várzea Grande, a EE Arlete Maria da Silva está na fila para ser entregue em breve para a comunidade escolar, após anos e anos de espera.

Três escolas na Capital

Cuiabá terá em breve uma escola nova e duas reformadas por inteiro com tudo novo. No Bairro Pedra 90, o sonho tão aguardado de ter nova unidade escolar será concretizado. O prédio da EE Mário de Castro está quase pronto.

No mesmo ritmo estão as obras das reformas das EE Hermelinda de Figueiredo e Cleinia Rosalina que também fazem parte da lista das próximas inaugurações.

O secretário Adjunto de Infraestrutura e Patrimônio, Fernando Wieczoreck de David, explica que as obras nas 12 escolas em fase final, faltando pouco para serem concluídas. “Estamos nos detalhes. São escolas reformadas com cara de novas e prédio novo”, assegura.