Anúncios

O governador Mauro Mendes inaugurou, na tarde desta quarta-feira (16.12), a obra de pavimentação de 30,5 quilômetros da MT-140, entre os municípios de Vera e Santa Carmem, e destacou que o asfalto vai proporcionar maior competitividade econômica para as cidades e toda a região Médio-Norte de Mato Grosso, reconhecida por sua grande produtividade agrícola. A obra vai interligar definitivamente os dois municípios por via asfaltada e é a realização de um pedido antigo da região, conforme os prefeitos das cidades.

A inauguração contou com a presença dos secretários de Estado Marcelo Oliveira (Infraestrutura e Logística), Alberto Machado (Cultura, Esporte e Lazer); e os prefeitos Moacir Giacomelli (Vera) e Rodrigo Audrey Frantz (Santa Carmem). Também participaram os deputados estaduais Dilmar Dal Bosco e Xuxu Dal Molin; o presidente do MT Par, Wener Santos, e o secretário-adjunto de Obras Rodoviárias da , Nilton de Britto, entre outras autoridades.

“Essas obras vão trazer qualidade de vida, melhorar a logística e trazer competitividade para essa região, além de diminuir o custo de vida de quem vive por aqui. As estradas não são apenas para passar caminhão carregado de soja e milho. Mas também para passar ambulância, garantir o direito de ir e vir. Estou muito feliz de que, com a ajuda de muita gente, o Estado se recuperou”, disse o governador.

Ainda segundo Mendes, a pavimentação inaugurada é um exemplo de como formalizar parcerias é uma forma eficiente de executar mais obras em todas as regiões de Mato Grosso, investindo com inteligência os recursos públicos, já que as responsabilidades são compartilhadas entre Estado e Municípios. Por meio do convênio entre a Sinfra e as prefeituras de Vera e Santa Carmem, foram investidos R$ 17,3 milhões, sendo R$ 15 milhões pelo Governo do Estado e o restante empenhado pelos municípios.

“Estamos conseguindo fazer muita coisa em Mato Grosso, pois estamos dando mais eficiência ao gasto público. Gastando melhor, com economicidade. As licitações que a Sinfra fez já deram economia de quase R$ 200 milhões para o contribuinte. Se economizamos R$ 200 milhões só nas licitações da Sinfra, significa que sobrou esse valor para investir em outras obras. Por isso estamos fazendo tanta coisa. E as parcerias são importantes, pois são uma forma inteligente de, com menos , fazer mais coisa e atender mais nossa população”, afirmou.

Segundo o secretário Marcelo de Oliveira, a economia registrada para a execução das obras em parceria se dá em razão de que a Sinfra deixa de incluir na sua planilha de licitação os serviços que são assumidos pelo Municípios. Com isso, as obras passam a custar menos, mas sem perder a qualidade, uma vez que os municípios passam também a fiscalizar a execução da obra.

“O governador Mauro Mendes nos deu a determinação de trabalhar para Mato Grosso. Essa é uma administração diferenciada que veio para ajudar, consertar o Estado e dar a oportunidade para todos aqueles que querem trabalhar, produzir e fazer melhor por Mato Grosso. A Sinfra está se esforçando ao máximo para cumprir as demandas que aparecem, principalmente quando se trata de parcerias. Queremos fazer mais, com menos”, disse.

O secretário explicou ainda que essa pavimentação vai beneficiar toda a região do Médio-Norte, uma vez que vai dar estrutura ao escoamento da produção agrícola e fomentar o desenvolvimento econômico.  A pavimentação, ainda segundo o gestor, vai criar uma rota alternativa e paralela à , em uma parte do trecho entre as cidades de e .  Além disso, vai permitir a ligação dos municípios de Vera e Santa Carmem com as cidades de Sinop e Feliz Natal por vias pavimentadas.

“Estamos com muitas obras, umas entregues, outras em execução e outras em planejamento, com projeto pronto para licitar. Hoje temos 152 canteiros de obra em Mato Grosso. Isso nunca aconteceu no Estado. Todo o recurso do Fethab que entra no caixa do governo é devolvido em obras ao Estado. É isso que vocês estão vendo aqui hoje. Estamos dando estrutura de logística para os municípios crescerem e Mato Grosso se desenvolver ainda mais”, afirmou.

O deputado Dilmar Dal Bosco ressaltou a importância da obra para interligação de grande parte da região Norte em direção a . “Vai trazer conforto e qualidade desde Marcelândia, União do Sul, Santa Carmem, Vera, passando em Ubiratã e vai passar por Paranatinga. Umas obras que vão levar o desenvolvimento chegando a nossa Capital. Traz qualidade de vida. Parabéns ao governador Mauro Mendes e o vice, , por acreditar na região Norte e realizar obras de qualidade”, disse.

Realização de um antigo

Para o prefeito de Vera, Moacir Giacomelli, a interligação das cidades de Vera e Santa Carmem por rodovia asfaltada é resultado de um pedido antigo da região e que se concretiza agora, graças à da atual gestão do Governo de Mato Grosso, que permitiu a formalização deste convênio entre Estado e Municípios.

“Isso aqui é um anseio da sociedade desde 2010. Já tínhamos o projeto pronto naquela época. Aprovamos o projeto na gestão seguinte, mas só agora, com o governador Mauro Mendes, conseguimos conveniar e convidei o município de Santa Carmem para participar também.  É um grande sonho, uma realidade concreta agora e quem ganha com isso é toda nossa região. É um grande desenvolvimento”, garantiu. 

Já o prefeito de Santa Carmem, Rodrigo Audrey Frantz, destacou que a execução da pavimentação é reflexo de uma administração do Governo de Mato Grosso, que reconhece a importância dos municípios e a contribuição que ambos dão, através de sua produção agrícola, para a economia e desenvolvimento do Estado.

“Nós vamos estar praticamente interligados com três MTs. São poucos os municípios que têm essa interligação. É um município pequeno, mas o governador olha com grande inteligência e sabe a importância dessa logística para nossa economia, para essa região produtora, e de todo Estado. Quem colhe esses frutos é a população, o governo, nossos produtores e todos que trafegam nessa rodovia. Hoje estamos realizando esse sonho para nossa cidade e região”, disse.

Melhoria para o cidadão

Usuário frequente da rodovia, o agricultor Carlos Matias Shultz afirmou que o asfaltamento reduziu pela metade o tempo que ele demorava para ir até o município vizinho e que o desejo agora é de que obras como essa se tornem exemplos para mais ações de infraestrutura na malha rodoviária em Mato Grosso.

“Passo por aqui toda semana, mudou tudo. Melhorou mil por cento. Entre Vera e Santa Carmem demorava uns 40 minutos pela estrada de chão, agora faço em 20 minutos. Está bem melhor. Dá maior segurança. Tomara que continue assim no Estado todo”, celebrou.

Já o auxiliar encarregado de produção que trabalha na empresa responsável pela sinalização da obra na MT-140, José Benedito da Cruz, destacou que, de todos os anos em que ele trabalha na empresa, nunca viu tantas obras sendo executadas em Mato Grosso.

“Aqui era um barro que você precisava ver. Depois que chegou asfalto, tem sinalização, tem pintura, sonorização, quebra-molas, está uma pista segura. Tenho 16 anos fazendo obra no Estado e vejo que neste ano aumentou demais o número de obras. Não temos sossego de tanto trabalho”, brincou.

Mais obras

Ainda nesta tarde, o governador e comitiva vistoriaram as obras de pavimentação de 40 quilômetros na MT-422, em Santa Carmem, que são executadas por meio da parceria social entre o Governo do Estado e a Associação dos Beneficiários da Rodovia João Adão Scheeren.

A pavimentação da MT-422 é realizada no trecho que vai do entroncamento da MT-140 até o entroncamento da MT-423, no município, em direção à cidade de União do Sul.  Ao todo serão investidos R$ 34,4 milhões para a execução da obra, sendo R$ 28 milhões de recursos do Estado, enquanto os outros R$ 5,6 milhões serão oriundos de contrapartida da associação.