Anúncios

Nesta segunda- feira(15.11) a Polícia Militar por meio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) realizou a aula inaugural do 1º Curso de de Instrutores Institucionais de Atendimento Pré-Hospitalar em Combate (APH). A solenidade de abertura da capacitação ocorreu no auditório do Comando Geral da PM, em Cuiabá. 

A instrução de 60 horas formará novos instrutores de APH em combate. Trinta e cinco policiais participam do curso promovido pelo Comando Especializado da PM e coordenado pelo  Bope. Com aulas teóricas e práticas que preparam os policiais para salvar a vida dos colegas de farda em situações de confronto. 

A aula inaugural do curso foi aberta pelo comandante geral da PM, coronel Jonildo José de Assis que destacou o alto nível de conhecimento que a capacitação proporcionará a turma que conta com profissionais de outras força de segurança pública de , da Bahia e do Acre.  

“É um grande marco dentro da nossa instituição, disponibilizar à todas as instituições de segurança pública esse curso coordenado pelo Bope, unidade especializada  que teve uma evolução técnica muito grande nestes últimos 12 anos. O conhecimento é difundido para as unidades da PMMT e para outras instituições”, diz coronel Assis.

Capitão Campos da Polícia Militar no municipío de

Policiais de outros Comando Regional da PMMT também  participam do curso. Após a conclusão, esses militares estarão aptos para atuarem como instrutores em suas unidades.  

O capitão Abner Campos veio do município de Água Boa ( a 741 km de Cuiabá ) para se aprender sobre o Atendimento Pré – Hospitalar (APH) e compartilhar o que aprendeu no curso com os demais policiais da sua região. 

“Essa formação vai me  permitir compartilhar com a tropa da PM da região noroeste. Sabemos que no interior que contamos com poucas unidades de , então aprender a estancar um sangramento, tratar um ferimento para não agravar a saúde de um policial é essencial para os policiais. Estou ansioso para levar esse conhecimento que estou adquirindo aqui para Água Boa”, afirmou o capitão. 

Palestrante e instrutor do Curso APH, o investigador da do Paraná e , Sergio Maniglia explica que o curso ensina a controlar sangramentos massivos, que geralmente matam pessoas, os alunos vão aprender a manipular produtos anticoagulantes que estancam sangramentos utilizados em ferimentos e outras técnicas. O convidado ressalta ainda que Comando Geral da PM está de parabéns em  oferecer o curso para formar instrutores.

“A PMMT está de parabéns em oferecer esse tipo de  formação. Investir nEste curso demonstra que o Comando se preocupa com a tropa  e quer  salvar a vida dos policiais que se arriscam nas ruas para atender a população”, explica Maniglia. 

As aulas do 1º Curso de Formação de Instrutores Institucionais de Atendimento Pré – Hospitalar em Combate (APH) acontece na sede do Bope. Participam da capacitação equipes da , Polícia Rodoviária Federal, Forças Armadas, Ciopaer, ,  policiais militares de Mato Grosso e da Polícia Militar dos Estados da  Bahia e do Acre.