Anúncios

Um homicídio ocorrido no mês de maio em foi esclarecido pela Polícia Civil, na sexta-feira (06), com o esclarecimento das circunstâncias e prisão do autor do crime.  O suspeito teve o mandado de prisão quando saia do escritório do seu advogado onde participava de uma audiência.

O crime que vitimou Roger da Silva Ferreira ocorreu no dia 02 de maio deste ano, em um bar no bairro em Sinop, onde a vítima foi executada por disparo de arma de fogo.

Nas investigações da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), da Delegacia de Sinop, ficou comprovado que a vítima foi morta por engano, pois o autor do crime se envolveu em uma confusão no estabelecimento antes da vítima chegar ao local.

Após discutir e ameaçar outros clientes no estabelecimento, o suspeito deixou o local em sua motocicleta, momento em que a vítima chegou ao bar. Enquanto isso, o autor do crime foi até sua residência, buscou sua arma de fogo e voltou ao local, onde efetuou disparos contra os clientes, atingindo a vítima na nuca, causando a sua morte.

Assim que foi acionada, a equipe da DHPP iniciou as investigações conseguindo comprovar a autoria do crime, através de testemunhas, fotografias tiradas do suspeito durante a discussão e também de um vídeo em que ele aparece foragindo do local após os disparos.

Diante das evidências, o delegado foi representado pelo mandado de prisão do suspeito o qual foi decretado pela Justiça. A prisão foi cumprida, na sexta-feira (06), pelos policiais da Divisão de Homicídios que identificaram que o suspeito participava de uma criminal por videoconferência no escritório do advogado.

Diante da informação, os policiais realizaram vigilância do local, dando cumprimento ao mandado no momento em que ele deixava o escritório. O suspeito foi conduzido à Delegacia de para as providências cabíveis e posteriormente encaminhado à unidade prisional, ficando à disposição da Justiça.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.