Anúncios

O vigilante Márcio Aparecido de Souza, de 43 anos, morreu no último domingo (22), vítima da -19, um dia após ser diagnosticado com a doença, em Pedra Preta (243 km de Cuiabá).

Segundo o Sindicato dos no Ensino Público de (), de Pedra Preta, Márcio atuava como servidor no cargo de Apoio Administrativo educacional na função de vigilância, na Estadual São Pedro Apóstolo, no município.

Ele era efetivo na rede estadual desde 1993.

O vigilante cumpria sua jornada de trabalho no sábado (21), quando, pela manhã, passou mal e foi levado ao hospital da cidade.

Ele foi testado positivo para e encaminhado ao , mas não resistiu e morreu na manhã de domingo (22).