Em ações realizadas nesta semana, a Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) da Polícia Civil de Mato Grosso intensificou diligências para o cumprimento de mandados de prisão de pessoas foragidas da justiça. As prisões foram cumpridas na região metropolitana de Cuiabá e também fora do Estado.

Na terça-feira (03.11), policiais do plantão da Polinter receberam informações do Sistema Penitenciário do Estado sobre o paradeiro de um homem de 54 anos, condenado por estupro e cárcere privado, que rompeu a tornozeleira enquanto estava trabalhando extramuros e fugiu.

Com base nas informações preliminares, os investigadores da Polinter entraram em contato com a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul e o foragido foi localizado na cidade de Mundo Novo. Ele foi preso no momento em que realizava compras em uma loja de roupas no centro da cidade. A ordem judicial de prisão foi expedida pela 2ª Vara Criminal de Cuiabá.

Ainda na terça-feira, outro foragido, de 61 anos, também condenado pela prática de crimes sexuais foi preso pela equipe da Polinter no bairro do Porto, na Capital, cumprindo mandado de prisão expedido pela 14ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá.

Na quarta-feira (04.11), após horas de monitoramento, um homem de 28 anos, que trabalhava como entregador foi preso pela Polinter em Várzea Grande. Ele estava com ordem de prisão expedida pela prática de crimes contra o patrimônio. Ele responde também a processos por roubo qualificado, tráfico de drogas e disparo de arma de fogo em via pública.

No bairro Costa Verde, também em Várzea Grande, foi preso nesta quinta-feira (05.11) outro foragido da justiça, de 51 anos, que estava com prisão decretada pela Vara Especializada de Violência Doméstica. O homem estava trabalhando como porteiro de um condomínio.

Outro foragido teve a prisão cumprida na enfermaria do Hospital Municipal de Cuiabá. O homem de 54 que estava hospitalizado tem condenações pela justiça de Rondônia, por roubo seguido de morte (latrocínio). O mandado de prisão cumprido foi expedido pela 1ª Vara Criminal de Vilhena.

Também na quinta-feira, após diversas diligências investigativas, cartorárias e de campo, a equipe da Polinter conseguiu localizar um rapaz de 29 anos que atuava em crime de explosões a caixas eletrônicos. Ele foi localizado em uma das ruas do bairro Jardim Vitória, em Cuiabá.

Todos os presos nesta semana foram apresentados a autoridade policial na Polinter para formalização do mandado de prisão e posteriormente encaminhados à unidade do Sistema Penitenciário em Várzea Grande, onde estão à disposição da justiça.