Anúncios

O Ministério da Educação (MEC) optou por adiar o fim das para o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2020. Interessados poderão se inscrever no site do programa Revalida até as 23h59 do próximo dia 5 de outubro. 

Para garantir a inscrição no exame, é necessário cumprir todas as exigências estabelecidas no edital e pagar a taxa de R$ 330. O Inep orienta que os inscritos confiram os dados e os documentos anexados no sistema para garantir a confirmação da inscrição.

A inscrição no exame é permitida para quem for portador e apresentar, no ato da inscrição, diploma de graduação em medicina expedido por instituição de educação superior estrangeira reconhecida no país de origem pelo seu ou órgão equivalente. O documento deve ser autenticado pela autoridade consular brasileira ou pelo processo da Convenção sobre a Eliminação da Exigência de Legalização de Documentos Públicos Estrangeiros.

O diploma deverá ser digitalizado, frente e verso, como solicitado pelo sistema de inscrição, em formato PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2 MB. 

Cadastro

Para fazer cadastro no site do Revalida, é necessário acessar o portal do Governo Federal, no endereço eletrônico acesso.gov.br. O login e a senha, únicos para todos os serviços federais, serão necessários para acessar a Página do Participante do Revalida, em que é possível acompanhar a situação da inscrição e fazer inclusões ou alterações, se necessárias.

O cadastro no garante maior segurança e transparência no acesso aos sistemas. Esse é um processo de unificação de todos os serviços digitais dos órgãos públicos, alinhado ao Plano de Transformação do Governo Federal. Só é necessário se cadastrar uma vez para ter acesso liberado para todos os serviços.

Provas 

O Revalida é formado por duas fases. A primeira etapa será no dia 6 de dezembro, com uma prova teórica dividida em duas partes aplicadas no mesmo dia. Pela manhã, devem ser resolvidos 100 itens objetivos. Na parte da tarde, os participantes precisam responder cinco questões discursivas.

Somente os aprovados nas provas teóricas do exame podem participar da segunda etapa, constituída da prova clínica do Revalida, o momento mais prático do exame.