Anúncios

O deputado estadual sargento Elizeu Nascimento (DC) apresentou o projeto de lei (PL 777/2020), na sessão da última quarta-feira (09), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), que dispõe sobre a cautela permanente de arma de fogo aos policiais e bombeiros militares de Mato Grosso.

De acordo com o deputado, torna-se necessária tal medida tendo em vista já terem ocorrido ações coordenadas por organizações criminosas, com objetivo de confrontar as forças de segurança, colocando em risco a vida dos militares com ataques com uso de arma de fogo a suas residências ou quando do acesso a prédios públicos.

Segundo o parlamentar, a iniciativa vai ajudar a combater a alta criminalidade no estado por facções criminosas, muitas vezes com o alvo sendo os policiais militares.

“O combate à criminalidade tem sido árduo nas ruas das cidades mato-grossenses. Hoje as organizações criminosas e facções estão se expandido. Já tivemos inúmeros casos de ataques e ações coordenadas contra militares, colocando em risco a vida desses servidores”, destacou.

Elizeu Nascimento explicou ainda que os militares estão aptos ao porte, entretanto não possuem condições financeiras para comprar o seu próprio armamento. A cautela permanente, com a sanção do governador, vai garantir que tenham o armamento necessário 24 horas por dia sem precisar realizar o processo de cautelar e desacautelar nas unidades militares.