Anúncios

Um trabalhador identificado como Ivar Amauri Studt, de 39 anos, morreu na última segunda-feira (10) soterrado por grãos de soja no armazém da empresa em que trabalhava em (420 km de Cuiabá).

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar, a equipe foi acionada às 9h50 para atender ao chamado. A vítima havia sido soterrado em no silo de soja e os bombeiros se deslocaram com o trem de socorro até o local, onde montaram o equipamento de poço.

Eles entraram no silo e iniciaram a retirada dos grãos. Após três horas de trabalho a equipe de resgate conseguiu chegar até a vítima soterrada, que já havia morrido.

O corpo de Ivar, vai ser trasladado, em avião, para Mondaí, em Santa Catarina, nesta terça-feira de manhã, onde será sepultado.

Ivar era casado e morador do bairro Residencial Topázio. A versão apurada é que estava limpando o silo, quando houve desmoronamento de soja e foi atingido.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local fazendo análise e encaminhará o laudo ao delegado de Polícia Civil responsável pelas investigações.