Anúncios

O prefeito de Nova Marilândia (261 km de Cuiabá), Juvenal Alexandre da Silva, de 73 anos, e outros três homens foram presos na última quinta-feira (5) ao serem flagrados por caça predatória e porte ilegal de arma na zona rural do município.

A equipe da estava em patrulhamento na estrada que liga Nova Marilândia à localidade São Mateus, quando fez a abordagem de uma caminhonete Toyota Hilux em que estavam os suspeitos.

No interior do veículo, foram encontrados em poder dos ocupantes uma espingarda calibre 20 com dois cartuchos intactos, um revólver calibre 38 com seis munições, uma espingarda calibre 22 com numeração ilegível e carregador com seis munições e uma espingarda calibre 36 com uma munição.

Em continuidade às buscas no veículo foi localizado, no assoalho do banco traseiro, um saco com dois animais silvestres (paca) abatidos, com perfurações aparentando ser de arma de fogo, além de diversos materiais utilizados para a prática de caça, como lanternas, redes de dormir e facões.

Diante das evidências, os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Nova Marilândia onde após serem interrogados, foram autuados em flagrante pelo crime ambiental de caça de animal silvestre e posse ilegal de arma de fogo.

O prefeito, dono do revólver, alegou ter registro da arma, mas não tinha a documentação. Os homens não assumiram serem donos dos animais mortos.

A Polícia Civil informou que, por causa do flagrante, eles não tiveram direito à fiança.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.