Anúncios

Assim como todas as partes do nosso corpo, os pés também precisam de cuidados. Você sabia que a falta de higiene pode trazer problemas desagradáveis, como ? Inclusive, a cor amarelada e a espessura grossa das unhas são sinais da existência desses microrganismos.

Quer descobrir o que fazer quando isso acontece? Confira abaixo algumas dicas que vão ajudar você a identificar, tratar e prevenir o problema!

COMO SURGEM OS ?

Os fungos se desenvolvem em ambientes úmidos e quentes, e por isso são comuns em países tropicais. Também podem surgir a partir de bolhas e machucados causados pelo uso de sapatos apertados ou desconfortáveis. Portanto, botas e sapatos fechados devem ser higienizados com frequência.

Ter o sistema imunológico fraco, andar descalço em locais públicos e não desinfetar corretamente uma lesão ou infecção na unha são situações favoráveis ao desenvolvimento de fungos.

Normalmente, eles se instalam sobre a pele ou embaixo das unhas. Por isso, ao notar os primeiros sinais, procure um podólogo e trate a região afetada.

QUAIS OS SINTOMAS?

Visualmente é possível identificar a presença de fungos. O primeiro sinal é o aspecto da unha. Ela tem a espessura grossa e alteração na cor: amarela, branca, verde, marrom ou preta. A sua textura também é alterada, pois se parte e descama com facilidade. Pode aparecer levantada, como se estivesse descolando da carne e fosse cair.

Os fungos também causam mau cheiro, transpiração excessiva, dores, coceira e incômodo. Esses sintomas são comuns nos casos de pé de atleta.

COMO TRATAR OS FUNGOS NAS UNHAS DOS PÉS?

O primeiro passo é buscar ajuda médica. Somente um profissional é capaz de analisar o tipo de fungo e indicar uma medicação efetiva. O tratamento é composto de cremes, loções ou soluções tópicas, mas os casos mais graves podem precisar de medicação via oral.

Existem alguns cuidados caseiros que ajudam na eliminação dos fungos. Confira!

LAVE OS PÉS CORRETAMENTE

Durante o banho, dedique um tempo para lavar bem os pés. Utilize uma escova para eliminar a sujeira em todas as partes dos pés: laterais, planta do pé, entre os dedos e nas unhas. Faça o enxágue com bastante água para remover completamente o sabão. De preferência, opte por um antibacteriano com pH neutro.

UTILIZE ÁGUA MORNA

Alguns fungos não eliminados apenas com o sabão. Nesses casos, deve-se utilizar uma solução com água morna e deixar agir por 30 minutos nos pés submersos. Você pode usar cloro ou vinagre e sal nessa solução. Depois, lave com sabão.

Se optar pelo cloro, utilize um hidratante após o procedimento, porque ele resseca a pele. Caso prefira o vinagre, dê preferência ao de maçã, pois a sua acidez ajuda a eliminar os fungos. Outra opção é aplicar a solução apenas na região afetada, com um algodão.

LIMPE OS SAPATOS INFECTADOS

Evitar uma nova contaminação é muito importante para manter a saúde dos pés. Por isso, realize a limpeza dos sapatos que utilizou antes de contrair os fungos. Use um pouco de álcool ou água oxigenada em um pano e limpe o interior dos calçados. Depois, deixe-os secar para poder utilizá-los novamente.

Se não tiver tempo para realizar esse procedimento, suspenda o uso desses sapatos e opte por aqueles que não são completamente fechados e permitem a ventilação.

Aprenda como curar fungos nas unhas dos pés sem sair da sua casa

Apesar de não haver comprovação científica de que o tratamento com vinagre funciona, há um grande número de pessoas que afirma ter notado melhora com o uso do ácido. Para entender como curar fungos nas unhas dos pés usando vinagre branco, siga os seguintes passos:

Passo 1: escolha um vinagre branco de marca que você confia e despeje suavemente sobre a unha a ser tratada. Se ela estiver muito grossa, derrame o líquido de forma ainda mais suave, para que penetre na unha.

Passo 2: aplique uma quantidade generosa do vinagre na unha, repetindo o processo duas vezes ao dia.

Passo 3: deixe as unhas secarem ao ar livre após a aplicação.

Passo 4: com um objeto plástico ou metálico raspe periodicamente os restos de fungos ou células mortas que ficarão abaixo da unha.

O vinagre funciona por conter uma grande quantidade de ácidos naturais que criam um meio no qual os fungos não conseguem se desenvolver. Você deverá notar resultados em um prazo entre 1 e 2 semanas, mas pode levar meses até que sua unha esteja completamente saudável. Mesmo assim, não desista do tratamento.

Alho também é opção

O alho possui grande quantidade de propriedades antifúngicas e antimicrobianas, por isso é muito comum ser utilizado no tratamento de doenças virais como a gripe. A utilização de tratamentos caseiros,como curar fungos nas unhas dos pés com alho, é muito benéfica, pois age com propriedades naturais, atingindo a base do fungo. Conheça o tratamento no passo a passo a seguir:

Passo 1: em um vidro com esmalte base transparente, adicione 3 dentes de alho picados, 3 gotas de limão e outras 3 de iodo branco. Deixe a mistura agir por uma semana dentro do recipiente.

Passo 2: aplique uma camada do esmalte por dia durante duas semanas seguidas. Pare uma semana com o tratamento e depois retorne por mais duas.

O ácido do limão e as propriedades do iodo e do alho criarão um ambiente esterilizado e ácido e os fungos morrerão aos poucos. Aplique somente na unha doente e não nas demais.

Para que você não precise se preocupar em aprender como curar fungos nas unhas dos pés, o método mais eficaz é a prevenção.

COMO PREVENIR?

MANTENHA OS PÉS LIMPOS E SECOS

Após o banho, utilize uma toalha para secar todas as áreas dos pés, inclusive entre os dedos e as unhas. Essa toalha, assim como itens de higiene, são para o seu uso exclusivo. Evitar contaminações e não compartilhe esses objetos.

Pelo menos uma vez ao dia, use um creme hidratante. Em dias frios, você pode usá-lo mais de uma vez. Isso vai manter a saúde dos pés.

ESCOLHA UM CALÇADO ADEQUADO

Evite sapatos feitos de materiais que aumentam a transpiração, como os sintéticos e os de plástico. Dê preferência aos naturais, como o couro. Também não é recomendado passar o dia inteiro com o mesmo sapato ou repetir o uso durante vários dias. Alterne com outro modelo que permita a circulação do ar, não aperte e seja confortável.

Para realizar esportes como a corrida, é recomendável utilizar um tênis com numeração maior do que o pé. Também é importante escolher um modelo específico para o seu tipo de pisada e usar uma palmilha para ajustar a postura. Essas medidas evitam lesões no pé e nas unhas.

UTILIZE PRODUTOS PARA CONTROLAR A TRANSPIRAÇÃO

A umidade é um dos principais fatores para o desenvolvimento de fungos. Use produtos como talco ou antitranspirante em aerosol ou roll-on para evitar a transpiração.

EVITE ANDAR DESCALÇO

Os fungos são contagiosos, portanto, uma boa medida preventiva é estar calçado, principalmente em lugares públicos, como banheiros, piscinas, academias e saunas.

TROQUE AS MEIAS DIARIAMENTE

Assim como os sapatos, as meias devem ser trocadas. Não reutilize uma meia antes de lavá-la e opte por materiais que não favoreçam a transpiração.

CUIDE DAS UNHAS

Manter as unhas limpas e bem cortadas diminui as chances do surgimento de fungos. Nos pés, prefira um corte reto e limpo. Evite cortar os cantos das unhas e ficar com bordas irregulares para que elas não cresçam dentro da pele, formando as temidas unhas encravadas.

DESINFETE PRODUTOS DE LIMPEZA

Quando for à pedicure, verifique se todos os objetos foram esterilizados. Com o intuito de evitar contaminações, algumas pessoas adquirem suas próprias ferramentas de limpeza: alicate, tesoura, lixa, entre outros. Se esse for o seu caso, você terá a responsabilidade de desinfetá-los e levá-los à pedicure.

PENSE NA SUA SAÚDE

Além do problema estético, os fungos podem ocasionar algo mais grave. Uma infecção fúngica produz danos maiores em pessoas com diabetes e doenças similares. Pense nisso e reforce os cuidados diários!

Com as nossas dicas, você pode identificar os sintomas dos fungos nas unhas dos pés e tratá-los com mais facilidade. Mas não esqueça de procurar um dermatologista para investigar a causa e aplicar um tratamento eficaz.