Anúncios

Apenas quatro municípios de ainda estão livres do novo coronavírus. A população e os gestores de , , Planalto da Serra e Torixoréu precisam se precaver, já que 97,16% do território mato-grossense já sucumbiu à contaminação da doença.

Conforme dados do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de (SES-MT) da última segunda-feira (6), 149 municípios já notificaram casos de covid-19. No dia 30 de maio, havia 80 municípios sem confirmações da doença e 61 com infectados.

Isso significa dizer que em mais de um mês, o coronavírus avançou 124% no território do estado, espalhando-se em 88 novos municípios. De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Mato Grosso é o epicentro da doença no país.

Carlinda, Glória do Oeste, Planalto da Serra e Torixoréu ficam nas regiões Norte, Oeste e Sul do estado, respectivamente – tendo a capital como ponto de referência. Segundo estudo do departamento de Geografia e Matemática da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), a maior taxa de incidência da covid-19 é na região da Baixada Cuiabana, seguida pelo Araguaia Xingu e Sul Mato-grossense.

Pela previsão do estudo, Mato Grosso terá registrado mais de 300 mil casos de coronavírus até o dia 3 de setembro, quando atingirá o número máximo de infectados.

No dia 18 de junho eram 295 mortes e no dia 29, o número saltou para 590 óbitos. A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde da última segunda-feira (06.07), 22.078 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 857 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Fora o avanço da doença, o colapso na saúde é vigente, pois não há leitos de UTI para pacientes de coronavírus. Também no último boletim, a taxa de ocupação de leitos chegou q 93% para UTIs e em 48% para enfermarias.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19 estão Cuiabá (5.191), Várzea Grande (1.678), Rondonópolis (1.523), Sorriso (1.021), Lucas do Rio Verde (965),   da Serra (855), Primavera do Leste (827), Sinop (586), Nova Mutum (546), Pontes e Lacerda (488), Campo Verde (409), Cáceres (388), Confresa (330), Campo Novo do Parecis (278), (274), Sapezal (265), Matupá (254), Colíder (253), Querência (245) e Peixoto de Azevedo (234).

Nas últimas 24 horas, surgiram 1.010 novas confirmações no Estado.

Recomendações

Atualmente, não existe para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.