Anúncios

Apenas quatro municípios de Mato Grosso ainda estão livres do novo coronavírus. A população e os gestores de Carlinda, Glória do Oeste, Planalto da Serra e Torixoréu precisam se precaver, já que 97,16% do território mato-grossense já sucumbiu à contaminação da doença.

Conforme dados do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) da última segunda-feira (6), 149 municípios já notificaram casos de covid-19. No dia 30 de maio, havia 80 municípios sem confirmações da doença e 61 com infectados.

Isso significa dizer que em mais de um mês, o coronavírus avançou 124% no território do estado, espalhando-se em 88 novos municípios. De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Mato Grosso é o epicentro da doença no país.

Carlinda, Glória do Oeste, Planalto da Serra e Torixoréu ficam nas regiões Norte, Oeste e Sul do estado, respectivamente – tendo a capital como ponto de referência. Segundo estudo do departamento de Geografia e Matemática da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), a maior taxa de incidência da é na região da Baixada Cuiabana, seguida pelo Araguaia Xingu e Sul Mato-grossense.

Pela previsão do estudo, Mato Grosso terá registrado mais de 300 mil casos de coronavírus até o dia 3 de setembro, quando atingirá o número máximo de infectados.

No dia 18 de junho eram 295 mortes e no dia 29, o número saltou para 590 óbitos. A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde da última segunda-feira (06.07), 22.078 casos confirmados da em Mato Grosso, sendo registrados 857 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Fora o avanço da doença, o colapso na saúde é vigente, pois não há leitos de UTI para pacientes de coronavírus. Também no último boletim, a taxa de ocupação de leitos chegou q 93% para UTIs e em 48% para enfermarias.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de estão Cuiabá (5.191), Várzea Grande (1.678), Rondonópolis (1.523), Sorriso (1.021), Lucas do Rio Verde (965),  Tangará da Serra (855), Primavera do Leste (827), Sinop (586), Nova Mutum (546), Pontes e Lacerda (488), Campo Verde (409), Cáceres (388), Confresa (330), Campo Novo do Parecis (278), Barra do Garças (274), Sapezal (265), Matupá (254), Colíder (253), Querência (245) e Peixoto de Azevedo (234).

Nas últimas 24 horas, surgiram 1.010 novas confirmações no Estado.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.