Anúncios

Uma mulher de 38 anos morreu em decorrência da -19 sem conhecer a filha, que nasceu prematura um dia depois que a mãe foi internada com a doença. Patrícia Beatriz Albuquerque tinha 38 anos e morreu na noite do último sábado (25), em Goiânia (GO), pouco mais de um mês após ser internada.

Patrícia, que era de Colíder, não chegou a conhecer a filha por ela já estar internada com o vírus quando teve o bebê.

Ela foi internada em um hospital de Colíder no dia 22 de junho e um dia depois a nasceu.

Prematura, a filha também foi diagnosticada com e chegou a ficar internada por alguns dias.

Atualmente, ela estava morando com a tia, enquanto a mãe estava internada em Goiânia e o pai, Valtair Porto, acompanhava Patrícia. Valtair contou que a filha está bem, totalmente recuperada da doença.

“Mas, agora, a Ana não chegou a conhecer a mãezinha dela, infelizmente”, disse. O corpo de Patrícia foi levado para , cidade no onde ela será enterrada.

Pelo , colegas lamentaram a morte e prestaram suas últimas homenagens.

“Que Deus na sua infinita bondade, conforte os corações dos familiares”, escreveu um conhecido.