Anúncios

Um recém-nascido morreu ao ter o pescoço cortado durante o parto no último sábado (18) em Pontes e Lacerda (487 km de Cuiabá).

A teria tido o pescoço cortado acidentalmente durante o parto no Hospital municipal do Guaporé.

De acordo com a , o fato foi comunicado à policia pelo pai.

A delegada Lizzia Ferraro começa a ouvir nesta terça-feira (21) os envolvidos para esclarecer como o fato aconteceu e apurar as responsabilidades.

Entre os que vão prestar depoimento estão a mãe do bebê e a equipe médica.

Segundo informações, havia sido feito o pedido de uma cesárea, pois a criança era muito grande e estava atravessada. A médica optou pela realização do parto normal, que pode ter ocasionado ferimento fatal na criança, ocorrendo a chamada “distocia de parto”, problema no tamanho exagerado do bebê ou em posição inadequada para o nascimento.

Não se sabe as razões do corte profundo em toda a parte frontal do pescoço.Segundo a delegada, o corpo da criança foi encaminhado para a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de , a 220 km de Cuiabá, para realização de necropsia

Não há data ainda para a liberação do corpo nem conclusão da necropsia, já que trata-se de um quadro delicado, segundo a Polícia Civil.

A direção do hospital disse que lamenta o ocorrido e está apurando o que aconteceu e assim que tiver todas as informações tomará as providências cabíveis e se posicionará sobre o fato.