Anúncios

Quem nunca ouviu falar na hortelã? Existem vários tipos e neste artigo vamos falar da hortelã-pimenta e suas utilidades.

Os antigos utilizavam a hortelã-pimenta para tratar vermes, doenças contagiosas e para baixar  febre. Ela possui “centenas” de benefícios, conforme veremos a seguir.

Nome científico : Mentha piperita

Famíla: Lamiaceae

Gênero: Mentha

Nomes populares:  Hortelã-pimenta, Hortelã-pimenta-bastarda, Hortelã-das-cozinhas, etc.

Qual é a sua origem?

É de origem européia e foi trazida para ser cultivada no na época da colonização. É uma planta que tem sabor refrescante e aroma forte.

Existem mais de 20 espécies do gênero Mentha.  A Mentha piperita ou hortelã- pimenta origina-se  do cruzamento dessas  espécies, possivelmente  Mentha spicata L. (hortelã comum, muito popular aqui no Brasil), Mentha longifolia Huds, Mentha rotundifolia Huds ou Mentha aquatica L..

Leia abaixo sobre quantas formas a planta é utilizada.

COMO PODE SER USADA A HORTELÃ-PIMENTA:

  • Pela medicina natural

Ela pode ser consumida como folhas frescas ou secas e sachês para fazer chás, infusões, inalações e compressas. Pode também ser usada como  óleos essenciais que a hortelã-pimenta produz  e em forma de cápsulas.

  • Cápsulas: Ingeridas para problemas intestinais como  gases e cólon irritável.
  • Folhas frescas ou secas:  Serve para fazer chás,  inalação a vapor, temperar alimentos, gargarejos e como aromatizante de ambiente.

Tanto seu chá como a inalação a vapor podem ser feitos em casos de gripes, resfriado, rinite e sinusite. Age como expectorante e descongestionante nasal.

Gargarejos e bochechos podem ser feitos para mau hálito e feridas na boca.  Seu chá também pode ser tomado para mau hálito.

  • Óleo essencial – Gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta podem ser ingeridos para alívio de dores musculares e dos nervos, problemas de gases, náuseas e vômitos, intestino irritável, congestionamento nasal,  secreções no pulmão, tosse e inflamação  na garganta.

O óleo pode ser aplicado na pele com massagens  ou em compressas para hemorróidas,  para ativar a circulação sanguíneas, alergias e ferimentos na pele, aliviar dores musculares e para relaxamento dos músculos e  dos nervos.

  • Pela indústria e pelo comércio

A hortelã-pimenta (Mentha piperita) é uma das espécies mais usadas pela indústria e pelo comércio. Dela são retirados os chamados óleos voláteis. São óleos naturais para fazer chás.

Muito requisitada nas  áreas de:

:  para  obtenção de  temperos e bebidas como licor e suco.

Produtos de higiene: para a fabricação de desinfetantes e  aromatizantes ambientais.

Cosméticos:  Fabricação de perfumes, loção corporal, sabonetes e cremes hidratantes.

Produtos farmacêuticos.

Por conter aroma saboroso, a hortelã-pimenta também é consumida como  suco caseiro.

Onde eu posso encontrar  para consumo?

Em sites de vendas, lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação, em feiras, hortifrutis e em alguns mercados.

PARA A SAÚDE

Energético, analgésico, anti-inflamatório, antibacteriano, antiviral, antialérgico, antiespasmódico, descongestionante, adstringente, desodorizante, desinfetante, bactericida,  anti-nevrálgico, antitérmico, antisséptico,  diurético, hepático, vaso constritor, vermífugo, antimicrobiano, descongestionante, expectorante e antioxidante.

A hortelã-pimenta trata de:

– Problemas respiratórios como gripes, resfriados, bronquite, sinusite e rinite.  Fortalece o sistema imunológico e funciona como descongestionante nasal e expectorante pulmonar.

– Dores de cabeça e  enxaqueca

– Reumatismo, dores e inflamações dos músculos e nervos. Funciona como relaxante muscular.

– Fadiga, dando ao nosso corpo

– Problemas no estômago e no intestino como gastrite, náuseas,  vômitos  má digestão,  diarréia e cólicas

– Vermes

– Circulação sanguínea e  varizes

– Coceira e irritação na pele e nos olhos

– Acne

– Problemas de hemorróidas

– Mau hálito, ferimentos e inflamações na boca

CUIDADOS QUE SE DEVE TER  NO USO DA HORTELÃ-PIMENTA:

Não é aconselhável seu uso por tempo prolongado. Pode provocar alergia na pele e irritação nas paredes do estômago.

RECEITA  DE CHÁ DE HORTELÃ-PIMENTA

Colocar  6 folhas da planta em 400 ml de água

Tomar de 2 a 3 vezes ao dia, durante cinco dias