Anúncios

Com a retomada parcial das aulas em alguns municípios brasileiros, professores e pais de alunos demonstram preocupação. Visando orientar na garantia do direito à de crianças e adolescentes durante a da , o Fundo das Nações Unidas para a Infância () lançou, na última semana, o guia Busca Ativa Escolar em Crises e Emergência

O documento que tem acesso liberado a todos os públicos está dividido em três seções, com orientações para potencializar a busca ativa e enfrentar a crise, e orientações para o acolhimento e o cuidado dentro das escolas, divididos por etapa escolar da educação básica

Dentre os objetivos do guia, está o de ajudar as escolas no seu planejamento de reabertura ou de readequação de ações. “Não há como definir uma data única de volta às aulas presenciais no país, que tem de ser decidida de acordo com a situação epidemiológica de cada estado e município. Mas a preparação das redes escolares para a reabertura de maneira segura deve ser prioridade absoluta em todo o país, assim como a busca ativa de quem não está conseguindo aprender com as escolas fechadas”, afirmou a representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer, à Agência Brasil.